O Instituto Estadual de Florestas informou nesta segunda-feira (31), o fechamento de 11 parques e outras Unidades de Conservação em Minas Gerais. Segundo a instituição, a medida é devido a paralisação das atividades dos servidores terceirizados com salários atrasados a mais de dois meses.

No último dia 22, o Hoje em Dia mostrou que o funcionamento das Unidades de Conservação do Estado estavam comprometidas devido a paralisação dos servidores terceirizados. Na época, os parques Lapa Grande, na região Norte de Minas e Pau Furado, no Triângulo Mineiro, haviam paralisado o atendimento. Todos os funcionários em greve são trabalhadores da empresa Cristal.

Segundo o IEF, na última terça-feira (25), foi realizada uma audiência de mediação no Ministério Público do Trabalho (MPT) entre o representantes do instituto, da Advocacia Geral do Estado (AGE) e a Federação dos Empregados em Turismo e Hospitalidade do Estado de Minas Gerais (Fethemg). O órgão afirma que propôs a “regularização da situação na busca pela urgente solução do problema” e disse que aguarda a manifestação da empresa.

Em nota, o órgão informou que “reitera seu compromisso com a preservação ambiental, especialmente em suas Unidades de Conservação, importante patrimônio natural, turístico e cultural de Minas Gerais”.

A Fethemg foi procurada pela reportagem do Hoje em Dia mas ninguém atendeu as ligações.

O Hoje em Dia também tentou, durante a tarte desta segunda-feira (31), um retorno da empresa Cristal. Um funcionário da empresa informou que não havia ninguém para falar sobre o assunto.

Unidades com os serviços suspensos:

Parque Estadual do Pau Furado

Parque Estadual Lapa Grande

Parque Estadual do Rio Preto

Parque Estadual do Itambé

Parque Estadual da Serra Negra

Parque Estadual da Serra do Intendente

Parque Estadual do Biribiri

Área de Proteção Ambiental das Águas Vertentes

Monumento Natural da Várzea do Lageado e Serra do Raio

Estação Ecológica de Acauã

Estação Ecológica da Mata dos Ausentes

Leia mais:
Salário em atraso de funcionários compromete abertura de parques em Minas