Nada de playground ou esporte coletivo. Brinquedos estarão interditados e, nas quadras, aval só para um bate-bola entre pai e filho. Quem quiser se exercitar pode caminhar, correr ou pedalar, mas passando longe dos aparelhos de ginástica. Se quiser beber água, leve uma garrafinha.

 Assim será o “novo normal” nos parques públicos de Belo Horizonte, que reabrem no sábado. Qualquer pessoa pode entrar, desde que agende a visita. A ida às seis áreas verdes que retomam parte das atividades deverá ser com hora marcada por este link.

Durante a semana os locais permanecerão abertos, de 8h às 17h, mas de quinta a domingo. As informações foram repassadas ontem pela Prefeitura de BH. Um decreto com todas as regras deve ser publicado hoje.

Restrições

A liberação das pessoas por faixa de horário visa a evitar filas e aglomerações, segundo o presidente da Fundação Municipal de Parques e Zoobotânica, Sérgio Augusto Domingues. O servidor reforçou que o uso da máscara será obrigatório durante toda a permanência no parque.

Na avaliação da infectologista Melissa Bianchetti Valentini, os atuais números da Covid-19 em BH permitem essa flexibilização. Porém, a assessora médica do Grupo Hermes Pardini ressalta que a população precisa entender que o mundo vive um “novo normal” e, se houver relaxamento das medidas preventivas, os infectados podem aumentar consideravelmente.

Manter o distanciamento social e higienizar as mãos após tocar corrimãos e bebedouros nos parques, por exemplo, são essenciais. “Além disso, quem estiver com sintomas gripais não deve sair de casa A indicação é procurar um médico”.

Nos parques, todos terão a temperatura corporal verificada logo na entrada. Em caso de febre, serão impedidos de acessar a área verde e orientados a procurar uma unidade de saúde. Na portaria haverá álcool 70% para os visitantes.

Equipamentos restritos

Além dos playgrounds e aparelhos de ginástica, pistas de skate ficam temporariamente fechadas. Passeios com animais – nos parques onde era permitido – ficam suspensos por enquanto. Segundo a PBH, a fiscalização será feita pela equipe de funcionários dos parques.

PALAVRA DO ESPECIALISTA
“A transmissão de qualquer vírus do corona não é diferente: precisa ter exposição. A pessoa precisa respirar uma quantidade de vírus para ter a infecção. Quanto mais aberto é o ambiente, quanto mais venta e há uma distância entre as pessoas, mais difícil é concentrar o vírus em uma quantidade que seja suficiente para uma outra pessoa ser infectada. Além disso, tem sol e umidade nos locais abertos. A chance de ser contaminado em um ambiente aberto é pequena, se for mantido o distanciamento social”
Angelo Pimenta
Clínico geral do Hospital Felício Rocho

Confira os seis parques que reabrem neste sábado

Parque Municipal Américo Renné Giannetti
Avenida Afonso Pena, 1377 – Centro

Parque das Mangabeiras
Portaria sul: avenida José de Patrocínio Pontes, 580

Parque Municipal Fazenda Lagoa do Nado
Rua Ministro Hermenegildo de Barros, 904 – Itapoã

Parque Real
Rua Três Mil e Setenta E Quatro, 201 – Paulo VI

Parque Municipal Jacques Cousteau
Rua Augusto José dos Santos, 366 – Estrela do Oriente

Parque Nossa Senhora da Piedade
Rua Rubens de Souza Pimentel, 750 – Aarão Reis

* Com colaboração de Renata Galdino