A BHTrans realiza, em 6 e 7 de maio, a partir das 9h, o leilão virtual de 446 veículos que foram removidos por infrações de trânsito. Os carros são considerados conservados ou sucatas. A partir desta segunda (3), os interessados podem realizar a inspeção, que vai até quarta-feira (5). As visitas podem ser feitas das 9h às 16h na avenida Tereza Cristina, 3.009, no bairro Calafate e na rua Senador Milton Campos, 1.012, no bairro Santa Maria.  

Para participar do leilão é preciso realizar um cadastro prévio pela internet, por meio deste link. Segundo a BHTrans, a alienação se dará pela melhor oferta individual de cada bem, no estado em que se encontram os veículos apreendidos e recolhidos no pátio.

“O leilão irá transferir o domínio e a posse dos veículos participantes, livres e desembaraçados de todos e quaisquer ônus, exceto DPVAT do ano anterior e do ano vigente e a proporcionalidade do IPVA, se houver, no estado de conservação em que se encontram, não cabendo à BHTrans, em nenhuma hipótese, qualquer responsabilidade quanto à conservação ou reparo dos mesmos”, informou.

Qualquer um dos bens ou lotes de bens poderá ser excluído do leilão caso haja eventual cadastramento de bloqueio de transferência ou ordens judiciais após à publicação do edital, ou por serem retirados pelos seus respectivos proprietários do pátio da BHTrans antes da efetivação do leilão, mediante o pagamento de todas as taxas e comprovação de regularidade da documentação do veículo e proprietário. 

Poderão participar do leilão de veículos considerados sucata, somente pessoas jurídicas, cujo objeto social contenha desmontagem de veículo automotor e deverão estar previamente cadastradas no sistema de apreensão e leilão de veículos do Detran/MG (SIAL). Para efetuar o cadastramento os interessados deverão acessar o este endereço eletrônico, no link Pré-Cadastro de Potenciais Arrematantes.

De posse da Nota de Venda em Leilão, o arrematante de veículo considerado conservado receberá o Alvará de Liberação a partir de 8 de junho, conforme detalhado no Edital de Leilão, no escritório do leiloeiro Rua Matias Cardoso,11, sala 205, no bairro Santo Agostinho.

“Em se tratando de sucata, baixados conforme o subitem 6.5, a liberação será entregue aos arrematantes a partir de 15 de junho, no mesmo local, em razão da necessidade de tempo suficiente para a retirada de placas, corte de chassis e o encaminhamento do pedido de baixa no banco de dados com a emissão do documento próprio’, considerou a BHTrans. 

O veículo considerado conservado poderá voltar a circular, desde que o arrematante tome todas as providências necessárias, no prazo e forma exigidos pelo Código de Trânsito Brasileiro, para colocá-lo novamente em circulação. O veículo considerado sucata, ou seja, considerado irrecuperável ou que será definitivamente desmontado, não poderá voltar a circular. Será solicitada a baixa do veículo junto ao Detran antes de entregá-lo ao respectivo arrematante. 

Todas as informações sobre o leilão podem ser consultadas no portal da BHTrans ou no site do leiloeiro. 

Leia mais:
BH suspende aplicação da vacina CoronaVac por falta de doses; novo lote deve chegar na quinta
'Pais que ainda têm medo de encaminhar os filhos, que aguardem', orienta secretária de Educação
Em meio a incertezas, alunos da educação infantil municipal de BH retomam atividades presenciais