Com a volta às aulas, os motoristas já sentiram nesta manhã de segunda-feira (4) o trânsito mais carregado nas ruas de Belo Horizonte. A BHTrans está realizando uma operação de trânsito neste primeiro dia do retorno do período letivo na porta das escolas. Em todas as regionais de Belo Horizonte, estão sendo realizadas ações de campo para controlar o tráfego e evitar o desrespeito às normas de trânsito, principalmente nas regiões próximas aos colégios, onde o fluxo de carros é maior. Ao todo, estão programadas 48 ações operacionais que serão desenvolvidas com maior ênfase ao longo da primeira semana de aula.
 
Paradas em filas duplas e estacionamentos em locais proibidos são as principais infrações que tumultuam o tráfego com o retorno das aulas e, os alvos, da ação da BHTrans.  Aos estudantes a orientação é para que não atravessem fora da faixa de pedestre.

Tráfego

De acordo com a BHTrans, o trânsito ficou lento na avenida Pedro I, no sentido centro, entre Eugênio Volpini e a Barragem da Pampulha.
Quem trafegava pela avenida Pedro II também encontrava certa retenção a partir do cruzamento com a avenida Presidente Carlos Luz, conhecida como Catalão, no bairro Carlos Prates. A situação só melhorava depois do Elevado Castelo Branco, mas os motoristas que seguiam em direção ao Complexo da Lagoinha enfrentaram fluxo intenso.  Apesar da liberação do Viaduto B – que estava em obras de alargamento - ocorrida na última sexta-feira (1º). As duas alças do viaduto tiveram registro de lentidão, conforme a BHTrans.

Ainda segundo a empresa que administra o trânsito na capital, os motoristas enfrentavam trânsito intenso também no Viaduto Leste, no sentido centro.
Um acidente na avenida Nossa Senhora do Carmo, próximo ao trevo do Belvedere, prejudicou o trânsito. De acordo com a BHTrans, a faixa central ficou com trânsito retido no sentido centro.

Quem passava pela avenida Tereza Cristina, no sentido centro, entre Ingaí e Contorno, também encontrou lentidão. Lentidão foi verificada também na avenida Amazonas, no sentido centro, entre o Colégio Salesiano e avenida do Contorno, segundo a BHTrans. Houve registro de congestionamento nas avenidas Cristiano Machado e Antônio Carlos, desde o encontro com o Anel, sentido centro.

Segundo a Polícia Militar Rodoviária (PMRv), apesar do aumento do fluxo de veículos no Anel Rodoviário, não há registro de acidentes ou de grandes retenções. O tráfego, segundo os policiais, está sendo monitorado.

Parceria  

A BHTrans, em parceria com 280 escolas particulares, por meio do Sindicato das Escolas Particulares de Minas Gerais (SINEP-MG) – enviou uma circular com as diretrizes das ações de educação no trânsito para que sejam desenvolvidas com a comunidade acadêmica e de pais. No documento, as instituições de ensino foram informadas sobre como devem repassar aos pais de alunos orientações que motivem o comportamento cidadão, de respeito às normas de trânsito.