Os temporais que assolam Minas desde o mês passado ainda não têm data para acabar e, inclusive, já superaram a média histórica de fevereiro em Belo Horizonte e região metropolitana. Nesta segunda-feira (10), a Defesa Civil da capital emitiu alerta para a possibilidade de pancadas de chuvas de 20 a 30 milímetros (mm) acompanhadas de raios e rajadas de vento em torno dos 50 km/h. 

O aviso, válido até as 8h desta terça-feira (11), é reforçado pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), que aponta para a possibilidade de as chuvas ultrapassarem os 100 mm em BH ao longo desta semana.

Segundo o meteorologista Cleber Souza, uma frente fria que atua sobre a região Sudeste e já causou estragos nesta madrugada em São Paulo, tem se deslocado para Minas Gerais, onde deve atuar com mais força nestas quarta (12) e quinta-feiras (13). Para estes dias, são esperadas chuvas ainda mais fortes, mas, a partir de sexta (14), a tendência é que elas percam a força, dando uma trégua. O que não significa que irá parar de chover, mas que se ocorrer precipitações, serão isoladas e com menor intensidade. 

Ao longo da semana, as temperaturas máximas devem cair pela constância de céu coberto por nuvens, que "absorvem" o calor do sol. Para se ter uma ideia, nesta segunda a temperatura máxima é de 28°C, já na quinta, não deve passar dos 23°C. 

O volume de chuvas esperado para fevereiro, que é 181,4 mm, já foi superado em 12%. Só nos primeiros dez dias do mês, este acumulado chegou a 203 mm. Em janeiro, o volume foi de 932 mm, um recorde na história de Belo Horizonte.  A previsão também é de precipitações em todo o Estado ao longo desta semana. 

Leia mais:

Decreto deve aliviar situação de empresas afetadas pelas chuvas, diz presidente da CDL
BH tem chuva forte, com raios e ventania, em vários bairros neste sábado
Mais uma morte da chuva: corpo de mulher levada por enchente é encontrado após 4 dias