Dois filhotes de lobo-guará e hipopótamo nascidos em dezembro no Zoológico de Belo Horizonte, em breve serão “batizados” com nomes escolhidos por votação popular. O processo de eleição dos nomes a serem votados aconteceu por meio da participação de estudantes da Rede Pública Municipal de ensino.

Entre abril e maio, alunos de escolas municipais fizeram um trabalho de educação ambiental com a Fundação de Parques Municipais e Zoobotânica (FPMZB) e a Secretaria Municipal de Educação (Smed), abordando importância do nomes e as características de cada espécie, como origem, hábitos, aspectos físicos e comportamentais.

Após as oficinas ambientais, cada uma das nove regionais da Smed apresentou uma sugestão de nome para batizar os filhotes. Como algumas regionais escolheram o mesmo nome, foram definidas sete opções finais para a filhote de hipopótamo e oito opções para o filhote de lobo-guará.  A partir desta lista, funcionários do Zoológico escolheram três nomes para cada espécie.

Os nomes mais votados para a hipopótamo foram “Aisha”, que significa vida; “Anaya”, traduzido como “olhar de Deus” e “Odara”, que tem significado de beleza. Já o lobo-guará teve como sugestões de nome mais votados “Akin”, que significa guerreiro/valente; “Yuki”, entendido como “felicidade” e “Porã”, também traduzido como alegria.

Em breve, as opções de nomes para cada espécie de animal serão colocadas para votação no site da Fundação de Parques Municipais Zoobotânica, que deverá divulgar o resultado no próximo dia 5 de junho. Para mais detalhes sobre a votação, acesse: www.prefeitura.pbh.gov.br/fundacao-de-parques-e-zoobotanica