A Infraero anunciou investimentos de R$ 60 milhões em obras de ampliação e melhorias no Aeroporto de Uberlândia, no Trângulo Mineiro. 

Segundo a empresa, o projeto está em fase de elaboração e será entregue até o final de junho. Está prevista a ampliação do terminal de passageiros, com investimentos de R$ 50 milhões. Com a obra, a capacidade de passageiros vai passar  dos atuais 1,9 milhão para 3 milhões por ano.

O terminal será ampliado em 67%, passando dos atuais 3.325 m² para 5.525 m². A sala de embarque será expandida de 329 m² para 824 m² e a de desembarque passará a ter 687 m² contra os atuais 348 m².  Além disso, o terminal ganhará mais áreas comerciais, passando de 293 m²para 442 m², um aumento de 51%.

O fluxo de passageiros vai ser agilizado com a instalação de mais um equipamento de raio-X, totalizando quatro unidades, além de mais uma esteira de restituição de bagagens. A reforma conta também com a ampliação e modernização dos sanitários.

A reforma da pista de pouso e decolagem, com recapeamento total do pavimento e correção parcial da geometria já está em andamento e a previsão de conclusão dos trabalhos é dezembro deste ano.  Ao todo, R$ 7,15 milhões estão sendo investidos nessa melhoria. A adequação do balizamento luminoso da pista, que está em fase de licitação e vai custar R$ 3 milhões, com previsão de conclusão também para dezembro.

O aeroporto

Com 83 anos de operações, o aeroporto Ten. Cel. Aviador César Bombonato está situado em Uberlândia, considerada o maior polo de logística da América Latina.

A movimentação de passageiros, entre embarques e desembarques, no aeroporto do Triângulo Mineiro, chegou a 1,1 milhão em 2017. Esse número é cerca de 5% maior que o registrado em 2016, quando passaram pelo terminal aproximadamente 1 milhão de viajantes. A movimentação de aeronaves também teve alta: foram 24.456 pousos e decolagens, um crescimento de 3,52% ante o ano de 2016, quando foram contabilizadas 23.624 aeronaves.

Atualmente, quatro empresas operam no terminal mineiro - Latam, Gol, Passaredo e Azul -, com rotas para Belo Horizonte, Brasília, Campinas, Guarulhos, Goiânia e Rio de Janeiro.