O couro traduzido em roupa jovem e com apelo de desejo. Assim é a Pat Pat’s, marca da jovem estilista Andrea Viera. Filha da carioca e expert em couro, Patrícia Viera (que desfila na quinta, dia 6/11), Andrea se aventura em voo solo na coleção inverno 2015 para o São Paulo Fashion Week. Apesar da terceira participação no evento, desta vez ela não contou com a ajuda da mãe.

Ao som de Fiuk, a passarela do hotel Unique (onde os desfiles da Pat Pat’s sempre acontecem) foi tomada por couro grafitado (trabalho de Bruno Bogossian) nos primeiros looks. Depois, o couro ressurgiu com estampa que lembra onça, zebra e camuflados. Também ganhou espaço o aspecto foil com metalizado que Andrea usou e abusou na coleção verão 2015. Mas é o couro com cara de jeans que roubou a cena no desfile. Como jardineira, é um arraso.

Para clamor das it girls (a maioria amigas de Andrea), a silhueta da roupa Pat Pat’s é próxima do corpo ou, no mínimo, descomplicada (short e moletom; saia e top cropped). Nada de camadas de sobreposição. No máximo, uma jaqueta sobre top. O que importa é exalar juventude abusando do comprimento míni de vestidos e saias.