Esqueça a velha máxima de mostrar o corpo somente no verão, e aproveite a possibilidade de evidenciar aquelas que por onde passam arrancam suspiros – as pernas brasileiras. Por mais que as tendências sejam efêmeras, ainda há como resgatar aquela peça que foi trend na estação passada, principalmente quando se tratar de fendas. Sempre em alta, este tão importante recurso de modelagem reaparece no inverno 2015, porém de forma bastante revigorada.
 
Muito além do óbvio e do simples corte na frente ou dos lados de vestidos e saias, a grande aposta da vez está em recortes, zíperes e assimetrias e camadas que criam um elegante movimento para as tais. Um bom exemplo é apresentado pela Animale. Na coleção recém-chegada às lojas, tem fendas construídas por variações de comprimentos e amarrações de tecidos que as tornam modernas e ousadas e no limite exato da sensualidade. Outra versão é dada por Wagner Kallieno, com grandiosos recortes simétricos capazes de transformar qualquer produção.
 
Trazendo a tendência para o mercado mineiro, duas marcas seguem caminhos opostos para valorizar as pernas femininas. O tricô, especialidade da Gig, ganha uma clássica abertura frontal, profunda o suficiente para dar um ar jovial a peça. E a Llas, da dupla Laura Andrade e Lorena Andrade, que ousa ao mesclar tecidos fluidos e fendas enormes com leggings e tênis em uma ironia delicadamente divertida.