Para coroar a beleza do look noiva, uma lingerie correta, sem deixar de ser confortável e bonita, é fundamental. Harmônica e coerente com o vestido, a lingerie na cor branca parece ser a ideal. Mas por incrível que pareça, a cor depende da modelagem do vestido. 
 
Quando a peça é mais solta, pouco estruturada, por exemplo, a lingerie pode ser no tom nude. Evite a cor da pele porque, convenhamos, lembra a lingerie de ficar em casa. Já o vestido com estrutura pode ou não ganhar sobreposição de corselete . A empresária Chris Gontijo, da marca homônima, é contra o uso da peça debaixo do vestido. “A noiva já carrega uma roupa estruturada e pesada e o uso do corselete pode se sentir menos confortável ainda. 
 
Dica preciosa é comprar a lingerie somente depois do vestido ficar pronto. Isso evita situações delicadas como volumes e transparências indesejadas. Uma calcinha com detalhes e em material mais encorpado pode ficar marcada no vestido acetinado. Peças sem costura ou cortadas a laser funcionam melhor neste caso. 
 
Já vestidos sem estrutura na altura do busto pedem sutiã mais discreto. Modelos com alças removíveis ou os sutiãs adesivos são excelentes, uma vez que as alças da lingerie nunca podem ficar à mostra.