Ambiente com pouca luz, música tranquila, sala aromatizada e um espaço com muita energia positiva. Pensar num lugar assim com a loucura e correria do dia a dia é quase uma tarefa utópica. Contudo, é possível se planejar e separar algumas horinhas do seu tempo para uma massagem relaxante. Que tal?
 
A ideia é fazer com que os problemas, o estresse e energias pesadas sejam deixados do lado de fora da sua vida, entregando ao corpo uma experiência única e realizadora. De acordo com diretora do Spa Lótus e especialista em medicina oriental, Izabel Cristina, as principais inovações desse segmento estão ligadas ao modo de atendimento. “A diferença não é no processo da massagem, mas sim nos complementos utilizados, como os óleos essenciais (que podem auxiliar no relaxamento muscular, no fortalecimento da vitalidade e na redução do estresse e da fadiga) e na cromoterapia (que usa as cores para favorecer no relaxamento físico e mental)”, explica Izabel.
 
As massagens podem vir acompanhadas por pedras quentes, bambus, conchas, banhos de chocolates, de rosas ou até de espumantes. Para Ana Beatriz Pinheiro, diretora de bem-estar do Espaço Águas Claras, a inclusão de objetos trará novas sensações. “Ainda há a possibilidade de personalizar as massagens com o uso de aromas terapêuticos selecionados de acordo com a necessidade do cliente”, orienta.
 
Para aqueles que não conseguem se desligar por muito tempo da agitação habitual, os spas urbanos podem significar um refúgio certo facilmente inserido no horário de almoço, por exemplo.
 
“O cansaço mental e o estresse fazem cada vez mais parte do cotidiano da população. A dedicação de um período de tempo ao cuidado com o bem-estar é item fundamental nos dias de hoje”, sugere. Então, deixe um pouco a agitação de lado e reserve um tempinho para equilibrar as energias da mente e, consequentemente, do corpo.