A top cabeleireira Petty Egídio, proprietária do salão Petty, decreta o fim do efeito de mechas marcadas na temporada. Uma das precursoras da técnica “The Clash”, ela trabalha com sombreamento, mesclando tons e criando efeito enevoado pelos fios. O resultado final é um cabelo de colorido mais homogêneo ao invés de blocos de cor.

Segundo Petty, a técnica é ideal para clientes que chegam ao salão com o cabelo em três cores: pontas em louro mais escuro, comprimento com louro mais claro e raiz no tom natural, efeito bem comum ao cabelo que sofreu oxidação das mechas. “O cabelo chega quase no tom louro palha, deixando a cliente com aparência de mais velha”, acrescenta Petty.

Para deixar o rosto iluminado de uma maneira mais delicada, Petty utilizou a técnica “The Clash” no cabelo da cliente Sabrina Beckler, que estava com três tons de louro. A cor de louro bege frio foi utilizada no comprimento e também neutralizada na raiz. Já nas pontas, Petty mesclou louro dourado e louro claríssimo. “Assim Sabrina pode continuar loira, mas, com uma aparência mais natural e mechas menos marcadas”.

Para Petty, a brasileira gosta muito de cabelo longo com efeito de mecha muito clara e marcada no cabelo de fundo escuro. “Isso já é considerado ultrapassado na Europa há 20 anos”, considera Petty, que passou a temporada do verão 2015 em Londres e Paris.

Outra técnica muito utilizada por Petty, para criar um efeito mais natural e moderno nas madeixas, foi apelidada “The Atomic”. Ela também exclui as mechas marcadas e provoca uma “explosão” de cor. “Nesse processo, utilizamos uma descoloração global dos cabelos e usamos tons mais escuros na raiz, proporcionando mais profundidade e a explosão da cor”.

Mesmo com a resistência da brasileira, que ama o efeito de mechas marcadas, Petty aposta na possibilidade de mudança de comportamento a partir do momento que famosas apostarem na tendência. Então, a adesão não deve demorar, uma vez que atrizes, cantoras e blogueiras já desfilam suas madeixas com colorido mais natural.