Conteúdo de responsabilidade do cliente

"O Pai tá ON!" A febre começou nas quartas de final, quando o Paris Saint Germain venceu a Atalanta por 2 a 1 e conquistou a vaga para semifinal da Liga dos Campeões da Europa. Nesse jogo, Neymar, que foi das manchetes de esportes às notícias de famosos, mesmo sem o gol, foi um dos principais jogadores da equipe,conquistando o troféu de melhor em campo.

Na semifinal, contra o RB Leipzig, mais um show "on line" do brasileiro, astro do PSG, ganhou ainda mais força. A expectativa para a decisão da maior competição de clubes do mundo era gigantesca. Era a chance de Neymar arrebentar e calar a boca dos críticas de uma vez por todas.

Mas não foi isso que aconteceu no último duelo da temporada europeia. Na grande final, o Bayern de Munique levou a melhor sobre o PSG e venceu por 1 a 0. O título de grande campeão europeu foi para a Alemanha, não para a França. De quebra, Neymar foi criticado por jornais franceses por sua exibição apagada no duelo.

O camisa 10 estampou a capa do “L'Equipe”, um dos principais jornais da França, que usou a palavra “inconsolável” junto com o semblante abatido do brasileiro para descrever o dia do PSG.

O brasileiro foi mal avaliado pela imprensa francesa e recebeu nota 3 do diário esportivo. Outro jornal, o “Le Parisien”, deu a mesma nota para o brasileiro. Mbappe, que também é um dos principais jogadores do PSG, também recebeu nota 3. Eles dois eram as grandes esperanças do time para conquistar a Champions.

Ele perdeu o duelo com Neuer que poderia ter mudado tudo. Os bávaros acabaram completamente com qualquer influência dele ao cortar a linha de passe com o maior estrategista do Paris. À medida que o tempo ia passando, ele ficava mais angustiado e precipitado. Nos minutos finais, a frustração foi grande"; escreveu o L'Equipe sobre Neymar.

O “Le Parisien” lembrou que Neymar esteve abaixo do esperado e também lamentou a chance perdida pelo camisa 10 no primeiro tempo. O jornal viu o atacante “sem inspiração” e disse que ele não se mostrou capaz de decidir para o Paris.

Neymar se despede da temporada com 27 jogos, 19 gols marcados e 11 assistências anotadas pelo PSG. Na Liga dos Campeões, foram sete jogos, com três gols e quatro passes para gol na atual temporada.

Além de perder o título da Liga dos Campeões, ele fica mais longe da disputa pelo título de melhor jogador do mundo. O prêmio deve ficar com o atacante do Bayern, Lewandowski, que anotou 55 gols em 46 jogos na temporada.