Camafeus de nozes, bombons de morangos, merengues, tortas na taça e várias outras guloseimas para deixar qualquer festa muito mais gostosa. Essa é a arte de Kátia Cristina, que em 2016 resolveu abandonar o antigo emprego para se dedicar à confeitaria. 

Após dez anos de atuação como promotora de vendas, a idealizadora da DK Doceria decidiu que era o momento de ter o próprio negócio. Tudo começou com um curso de brigadeiros gourmet que, segundo Kátia, tem uma receita com mais ingredientes do que a convencional, garantindo um resultado mais leve e cremoso.

A empreendedora começou o novo negócio saindo às ruas para vender, especialmente para o comércio do bairro onde mora, no Novo Riacho, em Contagem, Região Metropolitana de Belo Horizonte. Não demorou até que o produto caísse no gosto da freguesia.

“Os dias foram passando e os clientes começaram a me perguntar se fazia bolo e bolo de pote. Daí resolvi realizar outros cursos e fiz vários: de doces, bolos, suspiros, pipocas gourmet, bem casados e ovos para comer de colher para a Páscoa”, lembra Kátia, citando alguns produtos.

Conforme a confeiteira, os consumidores a indicavam para novos compradores, de forma que rapidamente ela pode estabelecer uma clientela fiel. Atualmente, ela trabalha com encomendas para festas, especialmente casamentos, aniversários, comemorações infantis e eventos corporativos.

Os produtos são bastante variáveis, assim como os valores. Os bolos para 15 pessoas, por exemplo, têm custo a partir de R$ 80. Pelo cento de brigadeiros gourmet é cobrado R$ 120. O bolo no pote tem valor mínimo de R$ 5 a unidade. E o suspiro custa R$ 3 cada um. 

Os pedidos devem ser realizados com antecedência, mas a moça não costuma tirar o doce da boca de ninguém. A depender da disponibilidade de agenda Kátia consegue atender solicitações de última hora. Cerimônias maiores, como uniões amorosas, precisam ser combinadas, pelo menos, dois meses antes.

O atendimento cobre toda a Grande BH. Kátia relata, inclusive, ter recentemente produzido delícias para um casamento em Esmeraldas.

Família

Para concretizar o sonho de ser autônoma, Kátia contou com o apoio de familiares, especialmente do marido Daniel Bruno, que até hoje ajuda com as entregas. Além dele, a mãe e a irmã da doceira de mão cheia também já a auxiliaram na produção e na venda das delícias.

SERVIÇO
DK Doceria Gourmet
Telefone/WhatsApp: 
(31) 9 9670-7736
Instagram: @dkdoceriagourmet