Há oito anos, o empresário e professor belo-horizontino Pedro Henrique Oliveira é pioneiro ao ensinar gestão para gerentes de bares e restaurantes de todo o Brasil. Sua consultoria, a PH Resultados, já certificou mais de 800 pessoas e segue com orientações eficientes para o aumento nos resultados em um setor que, segundo a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), deve crescer 4,5% neste ano. 

Na próxima semana, nos dias 28, 29 e 30 de janeiro, Pedro estará à frente do curso "Transforme o gerente do seu restaurante em um líder" (saiba mais abaixo), que trará orientações e segredos sobre esse mercado em expansão. O workshop é voltado para gestores da alimentação fora do lar, termo atualizado pela Abrasel e que inclui, além dos bares e restaurantes, food trucks, bistrôs, padarias, pizzarias, buffets, eventos e até churrascarias, independentemente do tamanho. Seu curso, portanto, é para todos os empresários e gestores que querem destaque.

"Aplicamos ferramentas simples, que não usam telefone ou tecnologias, mas que funcionam e são extremamente valiosas: usamos para isso apenas papel e caneta", pontuou. "Se o empresário sabe ler e escrever, ele aplicará amanhã essas ferramentas e já terá resultados grandiosos", afirmou. Outra postura ensinada no curso é a de que subordinados não devem repetir ordens: devem compreender conceitos. 

Se o assunto é ir além, destacar-se, não basta cuidar apenas do alimento: é bem ao contrário, orienta o especialista. Segundo ele, ser um gestor que entende de comida, mas não entende de liderança é ação fadada a tropeços e prejuízos. 

"O último quesito importante dentro do restaurante é a comida. Passa, antes, pelo atendimento, pela gestão, inovação (do cardápio, arquitetura, propósito, etc) e, por fim, pelo produto. O concorrente do bar não é o outro bar e sim um leque de opções e elementos, como o ar condicionado, o entretenimento e o atendimento. Esses são elementos mais decisivos do que o prato em si", explicou. 

Um fator totalmente diferencial no Nordeste, por exemplo, é a cortesia: após sua refeição, já saindo do estabelecimento, o cliente é surpreendido com um funcionário que oferece um doce, um bombom ou um item regional. Isso é inovação e ela só é eficaz se houver olhos atentos ao seu funcionamento. 

Expertise

PH Resultados

Pedro Henrique é sócio-diretor da PH Resultados

"Um gerente é quem fará o mapeamento de mercado, intermediando o externo e o interno no negócio. Um exemplo? Seu cliente come rápido? Ofereça um serviço ágil e eficiente. Sua clientela já gasta um tempo maior? Faça-a ficar mais, consumir mais. Esse é o papel do gestor", avaliou. 

É com explicações simples, como essa, que o especialista reúne resultados positivos em quase uma década de trabalho. Em uma das experiências, um empresário de fora de Minas Gerais fez o curso em Belo Horizonte, voltou para sua cidade, aplicou as técnicas e viu o negócio evoluir. Em seguida, trouxe seu gerente e, posteriormente, veio toda a equipe de atendimento. 

É que a simplicidade, muitas vezes, ganha erroneâmente ares de banalidade. Mas, de fato, o simples é o mais difícil de ser feito. Como explica Pedro Henrique, às vezes o cliente da consultoria chega envergonhado, sentindo-se um "patinho feio" por ter "apenas" o ensino médio. Pedro refuta essa ideia e relembra que muitos empresários saem do curso conscientes sobre o papel do aperfeiçoamento na postura gerencial. 

Valioso curso - minientrevista com Pedro Henrique Oliveira

- Quais os principais temas que serão abordados no curso?
Em primeiro lugar, a gestão de custo, que é o principal (a maioria dos nossos clientes não sabe quanto custa manter a empresa); em seguida, a descrição de objetivos (quanto seu bar tem que render esse mês? Outro ponto que, também, a maioria não sabe. Qual é o objetivo do seu bar? Abrir um segundo? Ter renda?); em terceiro: o mapeamento de DRE (Demonstrantivo de Resultado do Exercício), ou seja, desenhar juntos o que é custo, despesa, receita, em uma planilha que mostra a empresa dele; em quarto, os processos (a definição dos processos, desde o check-list de abertura do bar até o objetivo de venda do dia); e, por fim, a gestão de pessoas (orientações dos processos), além de outros temas.

- Quais as oportunidades percebidas nesse período de retomada de economia no setor para 2019 e como o curso pode ajudar? 
Interessante falar disso: a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes, a Abrasel, discute o crescimento do setor, neste ano de 2019, para 4,5%. Atualmente, temos mais de 1 milhão de estabelecimentos formais. Um crescimento de 4,5% representa aumento de faturamento, abertura de novas casas e de vagas de emprego. É muita gente empregada. 

Diante desse cenário financeiro, nós estamos vivendo uma era na gastronomia que é a da criatividade. Se o chique já foi citar que o restaurante tem caviar, hoje a tendência é oferecer abóbora, insumos locais, regionais e a criatividade. 

Mas, naturalmente, caberá ao gestor entender a precificação disso para vender algo que saia da comparação. Caberá ao gestor transformar essa inovação em algo vendável. E tudo isso mostraremos no curso. Nosso curso está focado neste cenário de 2019. O participante aprenderá várias técnicas e se aplicar apenas algumas já se dará muito bem. É um curso de oportunidades. 

O que é essencial ao gerente em excelência em 2019? 

1º - Criatividade (o que pode ser feito para fazer diferente e melhor?)
2º - Acessibilidade (seu cliente e seu subordinado têm acesso fácil a você?) 
3º - Disciplina (que procedimentos devem ser seguidos e com qual frequência?)
4º - Gestão emocional (como lidar com seus clientes e funcionários?)

Fonte: Pedro Henrique Oliveira, sócio-diretor e professor na PH Resultados

Serviço 
Curso "Transforme o gerente do seu restaurante em um líder"

Objetivo: desenvolver capacidades para definir metas e estratégias de melhorias de resultados da equipe
Data: 28, 29 e 30 de janeiro
Horário: 17h às 21h
Local: Sala VIP da FURST TAP ROOM (rua Bernardo Guimarães, 2612, Santo Agostinho - BH), local com comodidade de estrutura, ar condicionado e áudio e vídeo completos. Haverá simulações, coffee break, discussão sobre assuntos reais, exercícios, check-list, etc.