Motocicletas não precisam ser todas iguais. A customização desses veículos apaixonantes é realidade e atrai tanto os entusiastas quanto quem quer melhorar o retorno financeiro na hora da venda. Em Belo Horizonte, a Deka Custom Machine tornou-se referência desse tipo de personalização no país. Na empresa, o veículo (zero ou usado) entra de um jeito e sai modificado, 'por dentro e por fora', com a cara do cliente.

"O dono da moto chega com ideias e nós damos diversas opções. Tudo é muito personalizado. O resultado são motos mais renovadas, mais potentes e bonitas", explica Deka Pereira, de 30 anos.

O empresário relembra que a empresa surgiu em 2016 justamente por uma ausência desse serviço no mercado. A necessidade virou negócio especializado em produtos e serviços para motos de até 450 cilindradas de marcas como Suzuki (sobretudo, a Intruder), além de Honda e Yamaha. Alterações em máquinas com potências acima desse valor também são atendidas e são avaliadas caso a caso. 

"Pegamos a motocicleta e a restauramos em totalidade. Ou seja, cuidamos da parte elétrica, mecânica e estética", destaca o empresário. Dessa forma, a oficina abre o motor e suas peças são avaliadas e substituídas, se necessário.  Além disso, a parte externa é capítulo à parte. "As pessoas veem uma moto de ano 2008 e não a reconhecem como dessa data. Ficam como novas", afirmou.

A customização transforma o veículo em uma unidade única no mercado, que atende exatamente às expectativas do proprietário. Além disso, permite que o veículo torne-se mais competitivo e valorizado na hora da venda. Na Intruder, por exemplo, as 125 cilindradas viram 150 ou 170 com a customização. Tudo é avaliado individualmente e feito de acordo com a lei vigente.

_RIV0174.JPG

Customização transforma o veículo em uma unidade única no mercado

Como customizar?

Em primeiro lugar, é importante relembrar que o cliente que tem o desejo de ter uma moto encontrará na Deka Custom Machine um parceiro para esse momento, que geralmente é cheio de dúvidas e expectativas. Na loja, segundo Deka, o interessado ou a interessada podem ter uma consultoria sobre modelos e marcas.

Em seguida, o veículo (zero ou seminovo) passará por uma avaliação completa, onde a oficina conhecerá as necessidades e desejos do proprietário. Após a troca de ideias, o serviço é definido e a customização dura, em média, quatro meses.

Atualmente, a personalização mais buscada é o estilo 'cafe racer', categoria caracterizada por motos desenvolvidas para corridas de curto percurso e que ficaram famosas por terem sido utilizadas por jovens na década de 1960 para apostar corridas entre cafés onde gostavam de se reunir. 

"Como minha empresa nasceu da minha necessidade em ter minha moto cuidada, hoje nós, na Deka, priorizamos 100% a satisfação do cliente, com transparência e melhoria contínua dos nossos serviços. Fazemos com nossos clientes o que esperamos que façam conosco em outros comércios", completa.

Deka Custom Machine
Rua Jordelina Maria do Carmo, 409, loja 1, Venda Nova - Belo Horizonte
Clique e vá direto para o WhatsApp e Instagram