A missão de realizar uma cerimônia de casamento perfeita não é fácil. E, para as noivas, a tarefa pode ser ainda mais desafiadora. Para auxiliar nesse trabalho a atuação dos cerimoniais completos cai como uma luva. São eles que oferecem assessoria e consultoria desde os primeiros passos da organização para a concretização dos planos do casal. É desta forma que, desde 2015, o Wedding Cerimonial da mineira Stephanie Augustinho atua.

Para fundar o cerimonial, a empresária contou com a experiência de organizar eventos no Departamento de Matemática da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), onde se formou. "Além de me dar muito bem com os números, tenho a organização de eventos como uma paixão natural", declara. E com sua expertise na área, Stephanie explica como o trabalho de um cerimonial como o dela pode ajudar a realizar o sonho do casamento perfeito.

O primeiro passo é a compreensão do desejo do casal. Nessa fase, são definidos o perfil dos noivos e o conceito do evento. A partir deste trabalho, também é definido o número ideal de convidados. “Os noivos costumam ter muita dificuldade para equalizar o orçamento que eles têm e o número de convidados pretendidos, e é nesse cálculo que nosso trabalho entra, dando dicas e tirando dúvidas”, explica.

Durante o período de planejamento da cerimônia, a relação de proximidade vai além do casal e se estende também a membros da família e amigos próximos, porque ajuda o cerimonialista a conhecer ainda mais a história dos noivos. “É importante para nós conhecer a essência de cada família, são características que, muitas vezes, conseguimos colocar em pequenos detalhes no casório”, conta Stephanie.

Passada a fase inicial, é hora de criar o cronograma, no qual são elencadas as prioridades, avaliados os orçamentos e definidos os fornecedores. Com a aproximação da data da cerimônia, é comum que a ansiedade tome conta das noivas, conforme explica a empresária. Nesses momentos, o cerimonial também se faz presente e torna o processo de tomada de decisões mais leve, evitando que a ansiedade, o medo e até mesmo a falta de experiência levem o casal a tomar decisões equivocadas.

A próxima fase, então, é dedicada à escolha de detalhes. Casal e assessor se reúnem para decidir assuntos como os doces bem-casados, chinelos, kits e outros mimos. “Nesse momento muitas noivas já estão em pânico, querendo mudar a cor da decoração escolhida ou pensando que o seu vestido já não fica tão bonito. Então, mais uma vez, tentamos amenizar essas crises e mostramos para elas que tudo vai dar certo”, detalha.

A uma semana do grande dia já começa o alinhamento de detalhes de entregas com fornecedores, horários com padrinhos e outros pontos.

No dia da cerimônia, a equipe se responsabiliza por evitar problemas e resolver possíveis imprevistos. “Acompanhamos tudo: a montagem do evento, se está de acordo com nosso planejamento, cuidamos da execução e orientamos os profissionais envolvidos, nos preocupamos se os noivos e convidados estão sendo bem servidos, conferimos quebras [de utensílios como taças e pratos], fazemos controle de bebidas, organizamos cortejo, entre outras tarefas”, enumera Stephanie.

Final feliz

Mas não é porque o evento chegou ao fim que o trabalho do cerimonialista acaba. Após a festa, o cerimonial é responsável por enviar aos noivos um cronograma de montagem e desmontagem, além de um check-list com todos os detalhes do evento.

“Uma vantagem importante, para os noivos que optam pela escolha da assessoria completa é que o assessor vai estar a par de cada detalhe, vai poder cuidar e se precaver de eventuais problemas antes do evento, tomará decisões da maneira que os noivos gostariam e, o mais importante, vai cuidar daquele evento como um sonho. E sonhos devem ser realizados com maestria. Esse é nosso trabalho”, conclui.