Após alerta de novo rompimento, 60% da população de Brumadinho é avisada para sair de casa

Malú Damázio
27/01/2019 às 09:22.
Atualizado em 05/09/2021 às 16:15
 (Malú Damázio)

(Malú Damázio)

Sob risco de um novo rompimento de barragem, dessa vez de água, 60% da população de Brumadinho foi orientada a sair de casa e deixar áreas consideradas vulneráveis. A recomendação do Corpo de Bombeiros é para que as cerca de 24 mil pessoas se dirijam, assim que possível, para três pontos considerados seguros: igreja matriz da cidade, Morro do Querosene e quartel da Polícia Militar. Segundo o IBGE, o município tinha, em 2018, população estimada de 39.520 pessoas

O risco de rompimento é iminente e os principais locais que podem ser afetados são a regiões do Parque da Cachoeira, de Pires, do Centro de Brumadinho e o bairro Progresso onde se concentra mais da metade da população do município. As informações são do porta-voz do Corpo de Bombeiros, tenente Pedro Aihara.

Em 30 minutos, caso houvesse novo rompimento de estrutura, cujo alerta foi emitido durante a madrugada, a água atingiria todas as áreas de menor altitude do município, informou o porta-voz.

“Não é momento de desespero, mas a orientação é para que essas pessoas abandonem suas casas de forma calma e organizada”, colocou Aihara. A corporação está trabalhando desde a madrugada deste domingo (27) na evacuação das áreas de risco da cidade. 

Aihara reforça ainda que a corporação não precisa de voluntários para fazer o salvamento e a evacuação das regiões de risco. “Embora tenha boa vontade, qualquer pessoa que venha para cá estará aumentando a possibilidade de tragédia”, afirmou.

Risco

Embora a barragem VI só contenha água, a lama e os rejeitos liberados pelo rompimento das demais estruturas podem ser revolvidos. A busca por corpos e pessoas foi interrompida tendo em vista o risco de uma nova quebra. Até o momento, foram contabilizados 37 mortos e 256 desaparecidos.

As entradas de Brumadinho estão bloqueadas. O tenente do Corpo de Bombeiros pede que pessoas que estejam procurando parentes na cidade o façam apenas por telefone e não se desloquem para o município.

Confira vídeo do porta-voz do Corpo de Bombeiros:

 Leia mais:

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por