BH tem o segundo janeiro mais chuvoso da história e recorde deve ser batido; confira previsão

Cinthya Oliveira
cioliveira@hojeemdia.com.br
25/01/2020 às 09:31.
Atualizado em 27/10/2021 às 02:25
 (Defesa Civil)

(Defesa Civil)

Após duas formações de um sistema de zona de convergência do Atlântico Sul (ZCAS) em menos de um mês, o verão de 2020 está bastante atípico em relação às chuvas. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), neste janeiro já foi registrado um volume de 807 milímetros (mm) em Belo Horizonte, número que até o momento só não superou a marca de 1985, quando choveu 850 mm.

"Mas como há previsão de mais chuvas nos próximos dias, acreditamos que este será o mês mais chuvoso em Belo Horizonte desde o início das medições, em 1910", afirmou o meteorologista Cleber Souza. Segundo ele, somente entre as manhãs de sexta-feira (24) e sábado (25), choveu 140 mm na capital mineira. O recorde de precipitações foi registrado no dia anterior, com 171,8 mm.

De acordo com Souza, o sistema da ZCAS começa a se enfraquecer já neste sábado e o sol pode aparecer na capital, contribuindo para uma pequena elevação na temperatura - a máxima prevista para esta tarde é 25°C. Mas ainda há previsão de pancadas de chuva mais intensas no fim do dia.

O sistema vai perder força nos próximos dias, mas o sol deve aparecer com mais intensidade em Belo Horizonte somente na quinta-feira (30), de acordo com o meteorologista. 

Neste sábado, as chuvas devem ser mais intensas em outras regiões do Estado: Norte, Noroeste, Jequitinhonha e Mucuri. 

Leia mais:

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por