Chuvas aumentam risco de deslizamentos em BH e 52 municípios do Estado

Luiz Augusto Barros*
@luizaugbarros
07/12/2021 às 07:51.
Atualizado em 08/12/2021 às 01:13
 (Fernando Michel)

(Fernando Michel)

Belo Horizonte está sob alerta devido à previsão de mais chuvas para os próximos dias. Há risco de deslizamentos por conta do grande volume de água que deve cair na cidade até sexta-feira. Segundo a Defesa Civil, em apenas 12 horas, ontem, choveu o equivalente a um terço do esperado para dezembro. A situação não é diferente em outros 52 municípios do Estado, onde há alta probabilidade de transbordamento de rios e grandes deslizamentos de encostas, conforme o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

As regiões vulneráveis são o Vale do Rio Doce, a Região Metropolitana de BH, o Centro do Estado, o Triângulo, o Noroeste e o Norte. Nelas, os ventos podem chegar a 100 km/h e o volume de chuva nesta terça, a 100 mm. 

Só ontem, na capital, foram realizados 62 atendimentos pela Defesa Civil, entre desabamento parcial de casas e queda de árvores. Grande parte das solicitações foram para vistorias em imóveis particulares nas regionais Nordeste, Venda Nova e Noroeste. Cinco das nove regionais já ultrapassaram metade da média histórica de chuvas para dezembro em menos de uma semana, que é de 358,9 mm.

No São Gabriel, uma criança de 3 anos ficou ferida após parte da varanda de uma casa desabar. Na Vila Biquinhas, na região Norte, um imóvel desabou parcialmente, mas ninguém ficou ferido. A estrutura, que já estava comprometida, e outras ao redor foram interditadas.

“O barracão tinha sido interditado há mais de um mês. Nós estávamos preparando para retirar os móveis, mas quando foi hoje cedo, a casa não aguentou e caiu”, explicou a faxineira Aparecida Silva, de 57 anos.

De acordo com o coronel Waldir Figueiredo, subsecretário de Proteção e Defesa Civil, todos os órgãos da prefeitura foram alertados para o risco de novas ocorrências. Ele garante que há regiões monitoradas preventivamente. “Nosso grande receio é porque os desastres acontecem de forma abrupta, sem grandes sinais”.

No entanto, o coronel afirma que a retirada dos moradores das casas é uma medida extrema, principalmente pelo transtorno causado. Segundo ele, muitas dessas pessoas não querem sair do local por medo de perder tudo enquanto estão fora.

Em janeiro do ano passado, sete pessoas morreram soterradas na Vila Bernadete, no Barreiro. Em 2021, não houve nenhum registro de mortes por deslizamentos de terra em BH.

Previsão do tempo

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a chuva não vai dar trégua nos próximos dias. A previsão é de instabilidade na região metropolitana, com possibilidade de precipitações intensas, acompanhadas de descargas elétricas e ventos fortes.

*Com Lucas Sanches e Raquel Gontijo

Leia mais:
Inmet alerta 53 cidades mineiras sobre risco de alagamentos e desabamentos durante período de chuvas
Estragos causados pela chuva em BH quase dobram entre a manhã e a tarde desta segunda
 

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por