Covid: com avanço da vacinação, cidades mineiras registram queda no número de mortes e internações

Marina Proton
mproton@hojeemdia.com.br
16/07/2021 às 10:18.
Atualizado em 05/12/2021 às 05:25
 (Freepik/Divulgação)

(Freepik/Divulgação)

Vacinação contra a Covid-19 avançada, números de internações e casos em queda. Essa é a realidade de três cidades mineiras com 100% – ou pertto disso – da população adulta imunizada com a primeira dose.

Puxando a fila, já com 100% dos moradores com 18 anos ou mais imunizados, a pequena Rio Doce, na Zona da Mata, não registra novas internações ou óbitos pela doença há três meses. No município, há apenas uma pessoa infectada pelo coronavírus no momento.

No total, segundo o vacinômetro, painel da Secretaria de Estado de Saúde (SES) que monitora a campanha de imunização em Minas, 2.202 pessoas receberam a primeira dose da vacina no município. Deste grupo, 556 tomaram o reforço e foram imunizados por completo, o que representa 26,48% da cobertura vacinal.

Rio Doce é seguida por Confins, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. A cidade aplicou, até a manhã desta sexta-feira (16), 4.583 primeiras doses, o que significa 91,46% da população adulta vacinada. Do grupo, 1.003 (20,02%) receberam a segunda aplicação. Atualmente, o município imuniza moradores de 25 anos ou mais. O avanço na vacinação fez com que a cidade não registrasse óbitos nos últimos 29 dias, segundo dados divulgados pela prefeitura. 

Já no Norte de Minas, São João das Missões não registra mortes há um mês. Na cidade, com pouco mais de 13 mil habitantes, 72,5% (7.309) da população acima de 18 anos recebeu a primeira dose até a manhã de hoje. Em relação a segunda aplicação, são mais de 6 mil pessoas imunizadas, o que significa quase 60% de cobertura.

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por