Creche Gente Inocente é reinaugurada e homenageia professora em Janaúba

Heraldo Leite
hleite@hojeemdia.com.br
17/03/2018 às 18:48.
Atualizado em 03/11/2021 às 01:55
 (Prefeitura de Janaúba/Divulgação)

(Prefeitura de Janaúba/Divulgação)

Depois da tragédia de outubro do ano passado, a creche Gente Inocente, em Janaúba, foi reinaugurada neste sábado (17), naquela cidade, a 540 km da Capital, no Norte de Minas. O local foi rebatizado e terá o nome de  Centro Municipal de Educação Infantil (Cemei) Helley de Abreu - em homenagem à professora que morreu enquanto tentava salvar as crianças do incêndio. 

As novas instalações contam com quatro salas, cozinha e refeitório, além de playground e sala multiuso. A capacidade será entre 40 e 50 crianças, já de acordo com o que determina a legislação. A nova creche atende a todas as normas de segurança e prevenção a incêndio, o que não havia no prédio destruído pelo fogo. 

As obras foram feitas em cinco meses por um grupo de empresários de Janaúba e cidades vizinhas, mas o valor não foi divulgado. Os responsáveis participaram das festividades de reinaguração, neste sábado que contaram com missa e culto, além de uma apresentação da bandas do 10º Batalhão da Polícia Militar, de Montes Claros. 

De acordo com a secretaria municipal de Educação, Luzia Angélica Aguiar Santos, a transferência completa dos alunos, que hoje estão em outro local, deverá ser feita no segundo semestre. "Estamos fazendo algumas atividades lúdicas para que as crianças e familiares conheçam e se envolvam com o novo local", informou. Mas ela também admite que a mudança posse ser antecipada. "A proposta é flexível. Vamos acompanhar os alunos", acrescentou.

Todas as 80 famílias que tiveram parentes envolvidos com o incêndio criminoso no ano passado, são amparadas pela Associação dos Familiares de Vítimas e Sobreviventes da Tragédia da Crecha Municipal Gente Inocente de Janaúba (AVTJANA), cujo presidente é o viúvo da professora Helley, Luiz Carlos Batista.

A tragédia na creche Gente Inocente ocorreu em 5 de outubro, quando o vigia Damião Soares dos Santos ateou fogo no prédio provocando a morte de dez crianças, duas professoras, uma auxiliar, além do próprio autor do crime. O incêndio ainda deixou 40 feridos.

Confira vídeo sobre a nova Gente Inocente: 

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por