CDL

Dia do Consumidor: clientes de BH podem solucionar problemas com comerciantes sem envolver Justiça

Raquel Gontijo
raquel.maria@hojeemdia.com.br
14/03/2022 às 16:21.
Atualizado em 14/03/2022 às 16:31
 (Carlos Rhienck)

(Carlos Rhienck)

Consumidores de Belo Horizonte podem evitar ter que parar na justiça devido a problemas com lojistas. Os direitos dos clientes e o relacionamento com comerciantes são dois pontos que chamam a atenção no Dia Mundial do Consumidor, celebrado nesta terça-feira (15).

De acordo com uma pesquisa do Instituto de Defesa do Consumidor, feita em 2021, 17% dos consumidores brasileiros sentem-se desrespeitados em relação à cobranças indevidas; 19% enfrentam dificuldades para cancelar serviço ou devolver produto; e 15% relatam a venda de produtos danificados.

Para quem precisa solucionar impasses e não quer envolver a Justiça, a Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH) oferece consultoria jurídica gratuita.

Segundo o presidente da CDL/BH, Marcelo de Souza e Silva, um processo judicial simples pode levar até quatro anos para ser resolvido. "Por meio do Deacon (Departamento de Assistência ao Consumidor) os impasses são resolvidos de maneira ágil, com o acompanhamento da equipe. Isso facilita a vida de consumidores e lojistas", explica.

Esse departamento da CDL/BH também orienta consumidores sobre legislação e ajuda a esclarecer inscrições no Serviço de Proteção ao Crédito (SPC). Nos últimos quatro anos, o Deacon realizou 62.093 atendimentos. Somente nos dois primeiros meses de 2022 foram 1.253.

Para solicitar auxílio à CDL/BH, o consumidor deve entrar em contato com o telefone (31) 3249-1717, de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 14h, ou pelo e-mail deacon@cdlbh.com.br.

Leia mais:

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por