Homem é preso por estupro após ser flagrado beijando filha de 4 anos em bar de São Joaquim de Bicas

Bruno Inácio
25/11/2019 às 17:05.
Atualizado em 05/09/2021 às 22:48
 (Reprodução/Google Street View)

(Reprodução/Google Street View)

Um homem de 40 anos foi preso, nesse domingo (24), em São Joaquim de Bicas, na região metropolitana de Belo Horizonte, suspeito de estuprar a filha de 4 anos. Ele foi detido após os clientes do bar em que ele estava na hora do crime acionarem a polícia, pois ele estaria dando beijos na boca dele e passando a mão pelo corpo da garota.

Segundo a Polícia Militar (PM), as testemunhas contaram que a menina ainda levou tapas no rosto do pai. O suspeito, por sua vez, alegou que estava apenas fazendo carinho na menina, e que não via crime nos beijos, já que a garota é sua filha. A Polícia Civil informou que o caso será investigado e que ele pode responder por estupro de vulnerável.

Antes da chegada da PM, os frequentadores do bar ainda tentaram agredir o homem. Eles contaram aos militares que o homem colocou a menina sentada em seu colo e após beijá-la na boca, mandou que ela chupasse os dedos dele e que não contasse nada a ninguém nem deixasse que mais ninguém além dele tocasse no corpo dela.Reprodução/Google Street ViewCaso é investigado na Delegacia Regional de São Joaquim de Bicas

Após prender o suspeito, a polícia foi à casa dele, onde a mãe da menina relatou que não sabia se ele já tinha cometido este tipo de crime, apesar de a filha já ter relatado uma vez que ele havia passado a mão nas partes íntimas dela. A filha ficará aos cuidados dela e o Conselho Tutelar de São Joaquim de Bicas acompanha as investigações

Normais

O pai da menina disse que nunca havia abusado da filha e que os beijos que dava nela eram "coisa de pai e filha". Segundo a PM, ele admitiu, inclusive, que dava beijos de língua na garota, mas que não considerava os comportamentos estupro, sendo um costume de família.

Sobre o relato da mãe, de que a filha já tinha se queixado dele ter passado a mão nas partes íntimas dela, o homem rechaçou as denúncias. Disse também que, se alguma vez tinha tocado na filha, isso teria acontecido apenas para lavá-la, no momento do banho.

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por