Arte

Minas recupera acervo artístico com obras que estavam com a Infraero em Brasília

Da Redação
portal@hojeemdia.com.br
11/05/2022 às 19:50.
Atualizado em 11/05/2022 às 19:52
Minas enriquece acervo artístico com obras que estavam expostas em Brasília (Maurício Vieira / Hoje em Dia)

Minas enriquece acervo artístico com obras que estavam expostas em Brasília (Maurício Vieira / Hoje em Dia)

Pinturas e esculturas que estavam expostas em Brasília voltaram para Minas Gerais nesta quarta-feira. A Secretaria de Estado de Cultura e Turismo (Secult) recebeu, nesta quarta-feira as obras que estavam sob responsabilidade da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero).

As peças desembarcaram no início da tarde no Aeroporto Carlos Prates, na região Noroeste da capital. Elas serão restauradas no Museu Mineiro, onde também serão expostas ao público. Ao todo, passam a integrar o acervo artístico da Secult 24 obras de diversos artistas consagrados como Lotus Lobo, Carlos Bracher, Inimá de Paula, Sara Ávila e Nello Nuno.

O secretário de estado de Cultura e Turismo, Leônidas Oliveira, comemora o recebimento das obras. “Essa nova coleção soma-se ao belíssimo acervo do estado. Esse é um dia importante para a cultura mineira e para toda a diversidade artística em nosso estado”, afirma.

Para o diretor de Museus da Secult, Alexandre Milagres, as obras reforçam a importância que a arte tem em Minas Gerais. “Um estado que se preocupa e fomenta essa linguagem. Esse é um acervo muito diverso que representa diferentes períodos da produção artística nacional, bem como uma estética própria”, conclui.

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por