Minas reduz para cinco meses a aplicação da terceira dose da vacina contra a Covid-19

Marina Proton
mproton@hojeemdia.com.br
12/11/2021 às 09:23.
Atualizado em 05/12/2021 às 06:14
 (Fabio Rodrigues/Agência Brasil)

(Fabio Rodrigues/Agência Brasil)

Minas Gerais reduziu o intervalo de administração da dose de reforço da vacina contra a Covid-19 de 6 para 5 meses. A medida foi publicada no Diário Oficial do Estado desta sexta-feira (12).

Segundo o texto, assinado pelo secretário de Estado de Saúde, Fábio Baccheretti, a mudança ocorre devido a “necessidade de agilizar a administração da dose de reforço da vacina nas pessoas incluídas nos grupos elencados pelo Ministério da Saúde, visto que é uma forma de potencializar e reativar a capacidade de resposta imune do organismo”. 

Até o momento, 1,2 milhão de pessoas receberam a terceira aplicação no Estado. A continuidade da aplicação, no entanto, de acordo com a SES, está condicionada ao envio de doses por parte do Ministério da Saúde. 

Em Minas, a dose é administrada em idosos acima de 60 anos, profissionais de saúde e pessoas com alto grau de imunossupressão.

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por