Minas registra mais de 56 mil casos de dengue em 2020

Luciano Dias
@jornlucianodias
28/04/2020 às 11:55.
Atualizado em 27/10/2021 às 03:22
 (ECOVEC/Divulgação)

(ECOVEC/Divulgação)

Em meio à pandemia do novo cornavírus, a dengue ainda é uma preocupação. De acordo com o balanço da Secretaria Estadual de Saúde (SES), divulgado nessa segunda-feira (27), Minas Gerais registrou 56.031 casos prováveis (notificações suspeitas e confirmadas) da doença causada pelo mosquito Aedes aegypti em 2020.

Cinco mortes em decorrência da enfermidade foram confirmadas em Alfenas, Medina, Guaxupé, Itinga e Carneirinho. Outros 26 óbitos estão em investigação.

Os registros de dengue em 2020, até o momento, tiveram queda de 66% em comparação com o mesmo período do ano passado, quando a SES relatou 165.853 notificações. Mas é preciso levar em consideração que 2019 foi apontado pelos órgãos de saúde como ano epidêmico.

O número de mortes também sofreu redução neste ano. Eram 21 óbitos entre 1º de janeiro e 28 de abril de 2019 – diminuição de 76%.

Chikungunya e zika
O boletim divulgado pela SES também mostra a situação de outras doenças transmitidas pelo mosquito. Em relação à chikungunya, são 944 casos e uma morte em investigação em Campo Belo.

Já sobre a zika, o levantamento indica 317 casos prováveis, sendo 34 em grávidas.

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por