Perto do fim, campanha de multivacinação infantil frustra meta de cobertura em BH

Marina Proton
mproton@hojeemdia.com.br
28/10/2021 às 07:21.
Atualizado em 05/12/2021 às 06:08
 (Maurício Vieira/Hoje em Dia)

(Maurício Vieira/Hoje em Dia)

Pais e responsáveis por crianças e adolescentes de até 14 anos, de Belo Horizonte, têm até amanhã para levar os filhos aos postos de saúde para atualizar o cartão de imunização. A Campanha de Multivacinação chega à reta final sem atingir a meta de 95%. Sem a cobertura, o risco de doenças graves - algumas até já erradicadas - permanece na capital.

Ontem, a prefeitura divulgou comunicado reforçando o alerta. Em BH, nos primeiros 26 dias da ação, 104 mil doses foram aplicadas. Ao todo, são 19 tipos de vacinas disponíveis. A administração municipal, no entanto, não disse quantas pessoas foram imunizadas, alegando que a atualização será divulgada somente após o término da campanha. 

Segundo a pediatra da Santa Casa de BH, Mariana Vieira, a vacinação gera uma imunidade muito além do próprio grupo. “Não só crianças, mas até adultos. Então, devemos ficar atentos justamente para tentar evitar com que doenças graves, que são capazes de deixar sequelas, retornem ao nosso convívio”. 

A médica alertou, por exemplo, sobre o sarampo. “É uma doença extremamente transmissível e que, diante de uma cobertura vacinal baixa, tem reaparecido”. 

Pandemia

Durante a pandemia da Covid-19 e em meio às restrições impostas, muitos pais e responsáveis deixaram “de lado” a imunização dos filhos, já que era preciso evitar locais com grande circulação do vírus. A situação pode explicar a queda na cobertura vacinal.

“Os pais ficaram muito receosos de procurar as unidades de saúde. Mas acho que agora a gente tem que repensar isso porque as crianças estão retornando às escolas e, nesse contexto, elas podem se contaminar”, avaliou. 

Serviço

Em BH, os endereços e horários de funcionamento das unidades para a vacinação de crianças e adolescentes podem ser verificados neste link. Para a entrada nas unidades de saúde é obrigatório o uso de máscaras. Todos os postos de saúde estão em funcionamento, das 8h às 17h.

Covid

Além da multivacinação infantil, a imunização contra a Covid segue na capital. Hoje, idosos, trabalhadores da saúde e pessoas com doenças crônicas poderão receber a dose o reforço. 

Pessoas que já foram convocadas e não se apresentaram na data correta também podem comparecer para a repescagem.

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por