Mercado Mineiro

Preço da carne varia quase 300% entre açougues e obriga consumidor a 'peregrinar' na Grande BH

Da Redação
portal@hojeemdia.com.br
18/04/2022 às 09:42.
Atualizado em 18/04/2022 às 10:41

A carne vermelha continua sendo a "vilã" das compras. Além dos preços, que continuam altos, a variação entre estabelecimentos da Região Metropolitana de Belo Horizonte obriga o consumidor a "peregrinar" em busca do melhor valor. Pesquisa divulgada nesta segunda-feira (18) pelo site Mercado Mineiro mostra que um mesmo corte pode ter variações de quase 300% na Grande BH. 

A pesquisa foi feita em 39 locais entre os dias 12 e 15 de abril deste ano. Segundo o levantamento, a maior diferença está em um dos cortes mais nobres do país: a Picanha, cujo quilo que pode custar R$ 49,99 em um local e R$ 189 outro - a variação é de 278%. 

Na sequência, de acordo com o economista e diretor do Mercado Mineiro, Feliciano Abreu, está a Bisteca, carne suína mais barata e que vem sendo opção dos consumidores em meio aos altos preços. O corte pode ser encontrado entre R$ 11,99 e R$ 44,95, com variação de 274%. 

Outro corte conhecido do consumidor e que sofre com importante variação é o Contrafilé, custando entre R$ 39,99 e R$ 89,95 na Grande BH, uma diferença de 124%. O quilo do toucinho para torresmo, por sua vez, tem variação de 149%, custando entre R$ 13,95 e R$ 34,80. 

Confira as variações apresentadas pela pesquisa:

Filé Mignon
De R$ 49,99 até R$ 119,00 - variação de 138%

Maminha
De R$ 38,49 até R$ 89,95 - variação de 133%

Miolo de Alcatra
De R$ 40,99 até R$ 94,95 - variação de 131%

Costelinha Suína
De R$ 40,99 até R$ 94,95 - 133%

Filé de Lombo
De R$ 13,95 até R$ 29,99 - variação de 114%

Pernil resfriado sem osso
De R$ 12,95 até R$ 25,00 - variação de 93%

Pé de Frango
De R$ 4,55 até R$ 10,99 - variação de 141%

Peito de Frango
De R$ 11,99 até R$ 21,90 - variação de 82%

Asa de Frango
De R$ 13,75 até R$ 24,95 - variação de 81%

Coxa e Sobrecoxa
De R$ 9,95 até R$ 17,95 - variação de 80%

Aumento de preços

O levantamento do Mercado Mineiro indica que tanto a carne bovina como a suína apresentaram leve aumento no preço, quando comparado com o valor cobrado há 30 dias. Mais uma vez, a Bisteca suína ganha destaque, com aumento de 2,5% no preço médio - o quilo passou de R$ 17,68 para R$ 18,12. 

A Alcatra também se destacou no reajuste mensal. O preço do quilo passou de R$ 48,50 para R$ 49,54, um aumento de 2,15%. 

A pesquisa completa pode ser encontrada no site do Mercado Mineiro.

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por