Suspeito de agredir mulher no Carnaval presta depoimento e nega acusação

Ana Cláudia Ulhôa
aulhoa@hojeemdia.com.br
02/03/2017 às 18:59.
Atualizado em 16/11/2021 às 00:47

O supeito de agredir e assediar a jornalista F. G., de 24 anos, no Bloco do Quexinho, no domingo (26) de Carnaval, prestou depoimento na Delegacia da Mulheres em Belo Horizonte na tarde desta quinta-feira (2). Segundo a assessoria de imprensa da Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), o homem negou todas as acusações feitas contra ele.

O advogado da vítima, Pedro Paulo Polastoi, disse que a atitude do suspeito não o surpreendeu. “Na verdade, isso já era esperado por nós. Inclusive, na segunda-feira, ele ligou para o telefone do Gustavo, presidente do bloco do Quexinho, negando o crime e fazendo ameaças”, afirma.

Para comprovar a culpa do homem, Pedro explica que reunirá pessoas que estavam no local e presenciaram a ação. “A gente vai provar através das várias testemunhas que estavam na rua, que não são poucas. Temos mais de 10 que viram não só a confusão, mas o indivíduo”, explica.

Agora que a PCMG realizará o inquérito, o advogado diz que não irá descansar enquanto o caso não for resolvido. “Ainda tem o laudo do IML que será encaminhado para a delegacia e vamos tomar todas as medidas cabíveis para realizar a representação contra ele”.

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por