Última vítima de tragédia na creche em Janaúba recebe alta de hospital

Tatiana Lagôa
portal@hojeemdia.com.br
03/03/2018 às 08:32.
Atualizado em 03/11/2021 às 01:41
 (Polícia Militar/Divulgação)

(Polícia Militar/Divulgação)

Após quase cinco meses, a última vítima que ainda estava internada após a tragédia na creche Gente Inocente, em Janaúba, no Norte de Minas, enfim foi para casa. A professora Marley Simone Lima Antunes, de 43 anos, teve alta por volta das 18h30 dessa sexta-feira (3), segundo informações do Hospital Regional de Janaúba.

A professora teve 40% do corpo queimado no atentado à escola infantil e era a única sobrevivente ainda internada, passados os quase cinco meses do episódio que chocou o país. Ela chegou a ficar por um período internada no Hospital de Pronto-Socorro João XXIII, em Belo Horizonte. A transferência para a fundação hospitalar regional foi há 16 dias, quando ela já sinalizava estar quase em condições de ir para casa.

No dia 5 de outubro do ano passado, o vigia Damião Soares dos Santos ateou fogo na creche e no próprio corpo. Morreram 14 pessoas, sendo dez crianças, três funcionárias e o autor. Mais de 40 pessoas ficaram feridas.  

Leia mais:
Última vítima da tragédia em creche internada, professora é transferida de BH para Janaúba
Pimentel entrega Medalha de Mérito da Defesa Civil e homenageia socorristas da tragédia em Janaúba

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por