Casal é preso por espancar até a morte filha de 1 ano e sete meses em Uberaba

Danilo Emerich - Hoje em Dia
06/11/2014 às 18:38.
Atualizado em 18/11/2021 às 04:55

Um casal foi preso na manhã desta quinta-feira (6), em Uberaba, no Triângulo Mineiro, suspeito de espancar até a morte a filha, Thamara Pereira de Lima, de um ano e sete meses. Segundo testemunhas, as surras seriam constantes por parte do pai da vítima. Outros cinco filhos dos dois foram recolhidos pelo Conselho Tutelar, já que não foram encontrados outros parentes para ficar com elas.   Segundo a Polícia Militar, uma viatura da 191ª companhia passava pela rua Maria do Carmo Bessa, no bairro Parque dos Girassóis II, quando viu uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) parada no local. Ao questionar o que se passava, a médica da unidade afirmou que receberam o chamado de que a criança não estava respirando, mas ela foi encontrada em óbito e com rigidez cadavérica, ou seja, morta há várias horas.   A criança apresentava hematomas, lacerações e outros ferimentos por todo o corpo, além de uma fratura em um dos braços. Vizinhos alertaram os militares que o pai da menina, Francisneio Santos Brito, de 33 anos, constantemente batia nos filhos. A mãe, Kelly Beatriz Pereira de Lima, de 34, não fazia nada ao presenciar as agressões.   A perícia da Polícia Civil foi ao local e constatou que o óbito foi em decorrência de agressões. Francisneio e Kelly foram presos e levados para a Delegacia de Plantão da cidade. Vizinhos chegaram a tentar linchar os suspeitos, mas a PM interveio. O Conselho Tutelar também foi acionado e recolheu os outros cinco filhos do casal para um abrigo, uma vez que não foram localizados outros parentes que pudessem ficar responsáveis pelas crianças.   Segundo a PM, pai e a mãe já tinham passagem pela policia por tráfico de drogas, estelionato e ameaças. Ambos são ex-presidiários. Em 2012, as crianças já tinham sido retiradas do casal devido as agressões. A Polícia Civil irá investigar a morte da criança.

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por