A terapia dos filmes do Oscar

Opinião / 25/01/2020 - 06h00

Mauro Condé

“Num filme, o que importa não é a realidade, mas o que dela possa extrair a imaginação”. (Charles Chaplin)

Acabo de voltar de uma viagem rumo ao conhecimento, usando como meio de transporte excelentes livros sobre Cinema.

Eles me levaram para a Paris de 1912, onde fui recebido por Ricciotto Canuto – o intelectual italiano que deu ao cinema o título de sétima arte, por considerá-lo tão magnífico quanto as outras seis artes consagradas até então (dança, teatro, música, literatura, pintura e escultura) –, a quem fui logo pedindo:

Ensina-me algo que eu ainda não saiba e tenha o poder de mudar a minha vida para melhor.

Sempre que possível, veja filmes interessantes como forma de terapia existencial.

Bons filmes têm o poder terapêutico de direcionar nossa mente para um mergulho profundo em um mundo ficcional, onde é muito bom entrar e quase difícil de sair.

Dentro de alguns dias ocorrerá a premiação dos filmes indicados ao Oscar.

Então, seguindo os sábios conselhos de Canuto, criei o seguinte roteiro, para você escolher os filmes pelos quais torcer e os que vale a pena ver:

Primeiro, tente ver todos os indicados para melhores roteiros, tanto roteiro original quanto roteiro adaptado.

Os filmes vencedores por seus roteiros são os que contam as melhores histórias.

Depois, corra para os filmes indicados à categoria de melhor filme.

Afinal, quem é louco de perder um filme premiado pelo conjunto da sua obra?

Não se esqueça de levar em conta os indicados para melhor filme estrangeiro, que sempre trazem o que existe de melhor no mundo, fora do perímetro de Hollywood.

Então, passe para os filmes que indicam os candidatos a melhor diretor, melhores atores e atrizes (principais e coadjuvantes).

Essas indicações revelam pistas de que por trás de personagens muito bem interpretados escondem-se histórias inesquecíveis.

E, por fim, selecione os filmes que, além de indicados para as categorias acima, concorrem também ao Oscar de melhor trilha sonora e melhor fotografia.

A magia do cinema passa por uma música inesquecível e uma fotografia de encher os olhos.

Caso neste ano você queira uma dica para os favoritos ao Oscar nessas categorias, sugiro apostar nos seguintes filmes: Coringa, Era uma Vez em Hollywood, O Irlandês, Parasita, 1917, História de um casamento, Dois Papas, Adoráveis mulheres e Ford vs Ferrari.

Pratique a doce arte da terapia que proporcionam os bons filmes, para ser uma pessoa melhor.

Palestrante, consultor e fundador do Blog do Maluco

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Comentários