Como fazer uma pessoa rir

19/01/2022 às 19:29.
Atualizado em 21/01/2022 às 12:16

Mauro Condé*

“Um dia sem risadas é um dia desperdiçado”. Charles Chaplin.

Acabo de voltar de uma viagem rumo ao conhecimento, usando como meio de transporte excelentes livros de autores brasileiros.

Eles me levaram para João Pessoa, na Paraíba em 2014, onde fui recebido por Ariano Suassuna, a quem fui logo pedindo:

Ensina-me algo que eu ainda não saiba e tenha o poder de mudar a minha vida para melhor.

- Cultive a arte de fazer rir, aos outros e a si mesmo, como forma de trazer à superfície o que as pessoas têm de melhor dentro delas.

Ariano foi um dos maiores escritores brasileiros, membro da Academia Brasileira de Letras.

Ele me ensinou que rir e fazer rir é ótimo para o coração, para aumentar a nossa saúde física e mental, para combater o stress e para melhorar incrivelmente o nosso convívio social.

O riso desencadeia a liberação de endorfina e aumenta a sensação de bem-estar e conforto.

Eu comprovei a sua teoria na prática.

Um dia, fazendo uma visita para uma pessoa querida que tinha acabado de sofrer um derrame, fiquei chocado com o fato dela ter perdido temporariamente a habilidade de se comunicar pela fala.

Um tanto sem saber o que fazer e o que dizer naquele momento, sentei-me ao lado dela e liguei a TV, no exato instante em que começava a ser exibido o filme “O Auto Da Compadecida”, baseado no melhor livro, que eu li, de Suassuna.

De repente, vi algo de mágico acontecer.

Descobri que um derrame pode afetar a habilidade de falar de uma pessoa, mas preserva a sua capacidade de se emocionar, de rir e chorar.

O dano atingiu as áreas que viabilizavam a fala dela, mas manteve o seu sistema emocional intacto.

Nós demos várias gargalhadas durante o filme e ela chegou ao seu final com os olhos cheios d ‘água de felicidade.

Fui embora para casa com a alma lavada e morrendo de vontade de escrever ao Ariano para agradecer pela dica que me permitiu proporcionar a uma pessoa enferma momentos de alegria, que nem ela sabia que podia.

Aos poucos ela foi se recuperando totalmente.

Rir e fazer rir conforta, melhora, reduz as dores da vida.

Procure, pelo menos uma vez na semana, se abastecer de conteúdos engraçados, disponíveis em vários cantos do mundo.

Desenvolva a capacidade de rir e de fazer rir bebendo nas melhores fontes da arte do humor.

Faça como Ariano que buscou na sabedoria de Aristóteles, Molière, Bergson e Kant a inspiração para tornar as pessoas melhores através do riso.

*Palestrante, Consultor e Fundador do Blog do Maluco.

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por