Como o marketing de influência pode auxiliar a indústria?

Opinião / 05/04/2021 - 08h23

(*) Ricardo Martins

Você se lembra de como era o mundo há pelo menos uma década? Até 2010, aproximadamente, a televisão ainda era o nosso principal e um dos únicos meios de entretenimento que tínhamos, independentemente do que se passava na “telinha”. E isso acontecia mesmo com a existência de algumas redes sociais que já faziam sucesso na época, como o MSN ou o Orkut.

E, com a evolução dos meios digitais e de comunicação, que está longe de parar, a nossa maneira de se entreter também mudou (e muito!). Atualmente, por exemplo, já é consideravelmente comum conversarmos com os nossos amigos pelos aplicativos de mensagens, sem contar o número de stories que a maioria das pessoas posta no Instagram, Facebook e até mesmo no próprio Whatsapp. Porém, isso também foi transformado em um tipo de emprego, representado por um nome que hoje é bastante conhecido por qualquer pessoa que utiliza as redes sociais: os influenciadores digitais!

Bom, para explicá-los é muito simples: lembra-se daquela mesma época em que víamos muito mais programas televisivos que hoje em dia, em que os ídolos das pessoas eram geralmente esportistas ou apresentadores de TV? Agora, o mesmo acontece em cada perfil influente que ganha relevância na internet. Eles podem, por exemplo, se associar às grandes marcas, como acontecia antigamente com os famosos, algo que com certeza influenciava o número de clientes da empresa. E isso é chamado de marketing de influência. E é justamente sobre isso que vamos falar agora!

Veja alguns dos muitos pontos sobre como o marketing de influência pode auxiliar a sua indústria! Influenciadores formam opinião! De início, já é bom que se saiba que os influenciadores (por isso o nome) formam opinião de uma maneira eficiente e rápida! Como exemplo dessa facilidade, você pode pesquisar qualquer um que seja do seu interesse, e verá como eles falam das marcas como se estivessem no cotidiano, ou seja, as empresas veem credibilidade no que ele fala e, claro, podem facilmente se tornarem leads.

Economia

No início do artigo, falamos sobre algumas semelhanças entre os influenciadores do passado com os de hoje. No entanto, até mesmo por conta da “democratização” deste trabalho, existem milhares de influenciadores, cada um falando de uma coisa e, mesmo que o assunto seja o mesmo, a maneira de se comunicar varia bastante. E esse alto número faz com que os valores para que se contrate algum deles sejam bem menores, principalmente quando o tema (que neste caso é a sua indústria) ainda não é tão falado. Isso ajuda até mesmo na forma de pagamento, em que você pode fornecer algumas vantagens da sua indústria ou produto, ao invés do próprio dinheiro em si.

Enriquecimento do seu conteúdo

Geralmente, os influenciadores fazem sucesso também pela capacidade de se comunicar com quem os acompanha. Com isso, passando a eles as informações corretas sobre a sua indústria e o produto que deseja divulgar, seu conteúdo com certeza terá uma melhora significativa, já que tudo será abordado de uma maneira diferente e, muitas vezes, mais didática.

Rentabilidade

Sendo um fator relacionado à economia, citada mais acima, a rentabilidade é considerada boa quando os lucros são maiores que os gastos. Para evidenciar que o marketing de influência auxilia nisso, veja: o marketplace de influencers, chamado de Tomoson, fez uma pesquisa mostrando que, para cada US 1 investido em influenciadores, o retorno é de mais US 6,50. Incrível, não? E aí? Tomou sua decisão?

Neste artigo, ficou claro o tamanho da ajuda que o marketing de influência pode gerar à sua indústria. Por isso, aproveite o momento e não perca tempo em aplicar isso nas suas estratégias. Não esqueça que essa “onda” está muito longe de acabar (se é que um dia isso irá acontecer), ou seja, os valores tendem a aumentar com o passar do tempo. Fique atento!

(*) CEO e principal estrategista da TRIWI, especialista em marketing digital

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Comentários