Desafios do cooperativismo

Opinião / 12/01/2019 - 07h00

Ronaldo Scucato * 

“A vida quer da gente é coragem”, já dizia Guimarães Rosa. É assim que devemos iniciar 2019, encorajados e motivados a seguir confiantes nesse ciclo que ora visualizamos, pois o que ele espera de nós é determinação. Começar um novo ano significa ter a chance de dar continuidade aos projetos que deram certo, rever outros que porventura precisem ser aprimorados, mas, acima de tudo, nos mantermos atentos e criativos para continuarmos sendo protagonistas da história de excelência do cooperativismo mineiro.

2018 foi produtivo e de valoroso aprendizado. Regionalizamos ações como o lançamento do Dia de Cooperar e o Coopsportes; aprimoramos nossos serviços com o aplicativo do cooperativismo mineiro; vibramos com o reconhecimento nacional de quatro cooperativas mineiras no Prêmio SomosCoop e fomos a primeira Unidade Estadual a assinar o Pacto Global da ONU.

Os feitos foram muitos. Melhoramos nossos processos, aumentamos a eficiência de nossos serviços e compartilhamos conhecimento. Elementos que mostram o nosso empenho para alcançar êxito na arte de capacitar e engajar as pessoas. Dizem que o entusiasmo é a força que nos faz seguir em frente nos momentos em que os demais começam a desistir. 

As metas deste novo ciclo devem mensurar riscos, mas também encorajar as pessoas a alçar voos mais altos, criando um ambiente de entusiasmo para galgar as melhores oportunidades. Neste ano os desafios não serão menores, mas os feitos de 2018 serão aprimorados e novos horizontes já são vislumbrados.

De 2 a 4 de outubro, realizaremos, em parceria com a Wex Business, o BH Coop Summit, que reunirá no Expominas, em Belo Horizonte, mil dirigentes, gestores, cooperados e entusiastas do cooperativismo para participar do maior evento de gestão do segmento. Estamos certos de que será um excelente momento de troca de experiências e de efetivação de negócios, por meio de rodada de negócios conduzida pelo Sebrae Minas. 

Seguiremos assim nessa travessia que começa agora, neste novo ano, que já desponta como desafiador, mas será vencido por pessoas de coragem como nós, cooperativistas. Vamos juntos continuar escrevendo essa narrativa de sucesso que é o cooperativismo mineiro.

(*) Presidente do Sistema Ocemg

 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Comentários