Entenda o porquê de as contas digitais estarem se tornando um "hot trend"

Opinião / 15/05/2021 - 06h00

 

Raquel Pimenta*

Notoriamente, os bancos digitais estão cada vez mais presentes no dia a dia da população. A facilidade de acesso e a comodidade são os diferenciais que mais chamam a atenção dos investidores, levando empresas a buscarem este produto. De acordo com a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), apenas em 2019 foram abertas 7,4 milhões de contas, sendo 6,5 milhões por dispositivos móveis e 935 mil por internet banking, superando o ano anterior, que apresentou apenas 4,3 milhões de novas contas.

A praticidade de utilização desse tipo de serviço bancário já começa na abertura de uma conta. Basta baixar o aplicativo do DigitalBank de seu interesse, preencher seu cadastro, fazer upload de seus documentos e, dependendo do tipo de operação a ser realizada, enviar sua selfie para que a empresa a valide e aprove o cadastro. Em seguida, você já poderá fazer parte das operações financeiras online. Em bancos tradicionais, esse processo costuma ser mais complexo e longo. Neles, é necessário ir até uma agência física mais de uma vez para entregar documentos, assinar papeladas e até mesmo aguardar por horas em filas para falar com o gerente responsável. Entretanto, não podemos negar que para outros serviços as instituições financeiras tradicionais vêm se atualizando, pois já se preocupam em entregar serviços online.

O serviço digital é muito bem recomendado para quem prefere fazer tudo online, sem se preocupar em se deslocar até as agências bancárias, interagir com operadores de caixa e gerentes, além de contar com segurança, que é fundamental. Além disso, o correntista não recebe extratos, faturas pelo correio e evita transtornos em filas para qualquer operação que precise realizar. Por isso, é possível dizer que o DigitalBank é muito mais prático, tornando-se um "Hot Trend" para as pessoas que utilizam deste ecossistema. Acreditamos que as agências físicas continuarão funcionando com força, mas em um número menor, pois atendem uma grande parcela de pessoas que não tem acesso à internet e nem aparelhos eletrônicos, já que o acesso é, na maioria das vezes, por aplicativos.

Mas afinal, porque o serviço digital se torna um "Hot Trend"? Embora muitas pessoas já utilizem, ainda há muito para ser feito. Os bancos digitais devem ampliar seu escopo para que possam ser predominantes no dia a dia do cliente e para sustentarem seu crescimento em longo prazo. Vale lembrar que esse modelo também está implantado em sites de compras de forma indireta, pois ao fazermos um cadastro, automaticamente abrimos uma conta digital. Um grande exemplo desta dinâmica é o Mercado Livre, que pode ser também movimentado pelo Mercado Pago.

Podemos afirmar que, a cada dia, milhares de pessoas ingressam em um DigitalBank novo, pois a oferta de diversos serviços essenciais ao correntista vem aumentando, dando mais praticidade e maior usabilidade ao usuário. E não para por aí: os valores das taxas e tarifas são mais baixos nos bancos digitais e uma ótima opção para aqueles que querem gastar menos nas operações bancárias.

*Diretora Corporativa e Novos Negócios da HubChain Tecnologia

 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Comentários