No ensino on-line, a ‘diversão’ também ensina

Opinião / 21/12/2021 - 06h00

Marcus Lemos*

Aprendizado e diversão, por que não? Esqueça todos os conceitos antiquados sobre educação. O ensino atual é inovador, divertido e gostoso graças ao uso de ferramentas on-line que podem tornar o aprendizado em um grande prazer.

Durante muito tempo era comum observar que a relação dos alunos com o conhecimento era pautada no temor. O medo de não compreender, não conseguir acompanhar os colegas, não ser capaz de seguir em frente. O aluno tinha de se medir por uma régua que, na maioria das vezes, era extremamente difícil. Isso fez com que muitos nutrissem um sentimento negativo por determinadas atividades ou áreas de conhecimento, criando uma ideia de que o processo de ensino também tem que obrigatoriamente ter um caráter complicado.

Isso fez com que a maioria das pessoas não enxergasse o aprendizado como algo prazeroso. Já que é cultural encarar esse processo como um desafio, necessário, mas muito difícil para uma pessoa comum; de acordo com o senso comum, aprender só é fácil para quem é dotado de uma “inteligência acima da média”.

Muito por esses motivos que iniciativas de ensino atualmente trabalham para abrir os olhos de quem tem medo de aprender! Mostrar o caminho divertido, ousado, recompensador, explicar o ensino indolor. Sem ansiedade ou excludente. O ensino é para qualquer pessoa.

É neste momento que o ensino on-line se destaca. A modalidade se torna protagonista nesse processo de libertação a quem ainda tem receio em aprender algo novo. Afinal, ele une a tecnologia, a qual todos nós estamos imersos diariamente, com o aprendizado. 

O uso de recursos modernos durante o processo de ensino é capaz de verdadeiras maravilhas, algumas metodologias são tão fluidas que o aluno nem nota que está adquirindo conhecimento enquanto acompanha um conteúdo.

Assim o ensino on-line oferece um conteúdo de qualidade igual ou superior ao ensino presencial. Com base em muito estudo, técnica e estratégia; mas sem forçar o aluno. Caminhando num fluxo que compreende as limitações e, de maneira sutil, oferece algo que ele gosta para desenvolver conhecimento com facilidade. É uma conquista aos poucos que chega até os mais desconfiados.

Para atingir o objetivo final muitas coisas são válidas, tais como músicas, vídeos, áudios, histórias, jogos, brincadeiras, premiações, dentre outros. Engana-se quem acha que isso traz confusão, é o poder de escolha do aluno, a liberdade de decidir qual o caminho para o seu aprendizado, que torna tudo isso mais divertido ainda. Até mesmo o contato com alunos e professores é diferenciado, imediato e facilitado, no on-line o aluno está a um clique de distância das respostas às suas dificuldades.

Pode parecer ousadia, mas as novas plataformas de ensino on-line conseguem ser tão atraentes que chegam a bater de frente com o interesse dos alunos por serviços de streaming, por exemplo, conhecidos pela sociedade atual como o ápice do entretenimento. Um fenômeno chamado de entertainment learning, que pode ser explicado como a combinação entre educação e entretenimento, para o desenvolvimento de um ambiente e ações lúdicas que estimulam a vontade de aprender no aluno.

Por isso, abandone assimilações negativas a respeito do aprender, esqueça o preconceito com o ensino on-line e aproveite as vantagens que somente a tecnologia proporciona. Descubra as vantagens que o ensino on-line oferece, aproveite ao máximo todos os recursos disponíveis, descubra o real prazer que existe em aprender algo novo, de uma maneira diferente da tradicional.

*Profissional referência na área de gestão comercial, atuou como líder das equipes comercial e marketing da Vivo e foi responsável pela alavancagem comercial do provedor regional Outcenter. Atualmente, Marcus é CEO e fundador da Nubbi e Multiplique Resultados.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Comentários