O futuro financeiro está nas moedas digitais

Opinião / 12/01/2021 - 06h34

Rafael Pimenta*

A alta das moedas digitais e a revolução do mercado financeiro tradicional, bem como o grande fluxo de novas tecnologias e sistemas vem chamando a atenção nos últimos anos. Hoje, o mundo digital já está presente na maior parte dos processos cotidianos das pessoas, e com o dinheiro não seria diferente. As stablecoins chegaram para acabar com a necessidade de meios físicos para realizar processos financeiros, além de trazerem mais segurança, rapidez e comodidade para quem as utiliza.

Com a implementação do PIX no Brasil, comprova-se a modernização dos bancos em atingir o maior número de pessoas, das mais diferentes formas. Então, integrar esse sistema às moedas digitais, dá mais segurança nas transações, já que o recebimento do recurso será imediato e a rapidez aumenta consideravelmente. Além disso, a ampliação da disponibilidade do uso legal das moedas, assim como o PIX - por ser um sistema de transferência de papel moeda em sua modalidade digital - poderá servir como meio para atestar o valor do ativo em questão.

Vale comentar que nós estamos muito acostumados com a digitalização, pagamos praticamente 90% do nosso consumo de forma digital, então estamos a um passo da possibilidade de evoluirmos - cada vez mais - nossos sistemas. Com essa constante, acredito que podemos ir muito além e tornar a economia e o sistema financeiro ainda mais dinâmico, ativo e atualizado.

O futuro é promissor e ambos continuarão caminhando para a modernização dos processos financeiros, o PIX como um sistema de pagamento bancário nacional e as stablecoins por permitirem a liquidação de um ativo em poucos segundos e em qualquer lugar do mundo.

*CEO da RPX Capital

 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Comentários