O Que é ser um Profissional de Sucesso

Opinião / 29/05/2016 - 06h00

(*) Mauro Condé

Qual é a melhor imagem que vem à sua mente quando você pensa num profissional de sucesso? Bill Gates ou Steve Jobs? Qual dos dois você prefere e qual dos dois você gostaria de ser um dia na vida, se tivesse esta oportunidade de escolha?
E mais: Qual dos dois se encaixa no melhor perfil de profissional de sucesso, que você tem em mente? Ambos têm em comum o fato de serem reconhecidos como profissionais de sucesso e de possuírem um estilo diferente de ser e de viver para atingir o sucesso.
Steve Jobs sempre foi tido como mais elétrico, mais energizado, mais intenso – vivia repetindo para si mesmo sobre a necessidade de viver cada dia como se fosse o último, até ele mesmo experimentar esta experiência.

Intenso com a vida, exigente com as pessoas, consigo mesmo e dono de uma oratória e um carisma impressionantes, Jobs estava mais para um Rock Star do que para um executivo. Reconhecido por sua ânsia de fazer acontecer, grande ambição e vontade de deixar um legado para a posteridade, Steve Jobs teve um ritmo de vida frenético, cheio de altos e baixos, cheio de desafios profissionais e pessoais, inclusive ligados à saúde. Steve Jobs era exigente, centralizador, obsessivo e perfeccionista ao extremo.

Já Bill Gates, também conseguiu o status de Profissional de Sucesso, mas com um perfil totalmente diferente. Bill Gates fez aquilo que quase ninguém faz na vida, saiu do ponto zero, chegou ao ponto máximo do sucesso e soube parar na hora certa.

Ele conseguiu se “aposentar” delegando a gestão de sua empresa para executivos igualmente competentes, indo se dedicar a missões igualmente nobres, mais filantrópicas, mais humanitárias e solidárias como a liderança no combate às doenças que assolam o mundo, como a malária e conseguindo engajar pessoas extremamente ricas deste planeta na ajuda a pessoas extremamente pobres.

E aí? Qual dos dois estilos de profissional de sucesso você prefere mais? Você acredita que exista uma única receita de bolo para se tornar num profissional de sucesso? A minha opinião é que não existe uma fórmula única.

O sucesso é um destino ao qual as pessoas chegam seguindo caminhos diferentes. Vários caminhos levam ao sucesso, tudo depende da sua personalidade, do seu estilo e do jeito de levar a vida.

Uma coisa que aprendi na vida é que o sucesso é irmão gêmeo do fracasso – as pessoas de maior sucesso na história são consideradas verdadeiros heróis que conquistaram tudo ou quase tudo o que queriam através da superação de muitas decepções profundas, muitos problemas e sérios obstáculos na vida.

A curva do sucesso na vida não é linear, começando lá de baixo e subindo gradativamente ao longo dos anos. O sucesso é mais parecido com as curvas de uma montanha russa, cheias de altos e baixos e acontecimentos inesperados e desafiadores pela frente.

O sucesso não vem de coisas boas o tempo todo. Ele é forjado pelo aço do sofrimento e da sua mistura com experiências de derrotas e vitórias ao longo do caminho. Ser um profissional de sucesso é aprender a lidar com o conflito inerente entre altas e subjetivas expectativas e a cruel realidade que sempre se recusa a cooperar.

Ser um profissional de sucesso exige inteligência, experiência de vida e superação de dores e traumas, que te obrigam a viver numa espécie de esquizofrenia branda e te faz enxergar a vida de duas formas ao mesmo tempo.

Portanto, para ser um profissional de sucesso, você precisa desenhar o seu caminho, a partir da sua definição de melhor destino e sucesso, sabendo exatamente aonde quer chegar ao final da sua missão na vida e criar o melhor caminho de acordo com o seu bom senso.
Autoconhecimento é a raiz de todo o profissional de sucesso e sua história. Que você se conheça cada vez mais e melhor!

Se você quiser mais detalhes, leia no meu blog o post onde eu listo as 11 características de um profissional de sucesso.

*Consultor de Empresas e fundador do oblogdomaluco.com.br

 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Comentários