Pós-pandemia e Tecnologia

Opinião / 01/10/2020 - 06h00

Augusto Zadra e Kenia M. S. Souza

Com as transformações observadas em tempo record você já pensou como será o mundo “pós-pandemia”? Como as pessoas, o mercado, as informações irão se conectar e interagir? A transformação digital - termo há muito tempo falado no mundo dos negócios e que já estava está sendo implementada/difundida por muitas organizações, se acelerou devido à pandemia. A mudança se deve à utilização em massa de tecnologias móveis e ampliação de conectividade.

A pergunta do momento é como será o mundo pós-pandemia, qual o posicionamento das organizações no mercado? A certeza, caros leitores, é que o mundo não será mais o mesmo e a tecnologia com seus infinitos recursos será utilizada pelas organizações e pelas pessoas e o futuro estará mesmo na palma da mão. O investimento no aprimoramento das plataformas digitais, que irão atender consumidores (em todos os segmentos), se juntará ao desenvolvimento de ferramentas para expansão e melhoria de desempenho das equipes. Mais que isto, observaremos plataformas mais conectadas com garantia de interação nos processos corporativos e que integrarão empresas, seus funcionários e clientes. Já observamos uma das maiores empresas do país que está transformando, através de aplicativos de celular, a realidade de empregabilidade das pessoas (pesquisem o caso da Magazine Luiza).

O mercado pós-pandemia, com todas as facilidades que estão sendo ofertadas, irá necessitar de profissionais mais capacitados e preparados para trabalhar com inúmeras ferramentas tecnológicas e processos. O estudo e a capacitação profissional serão valorizados. É importante se preparar, haja vista as inúmeras possibilidades que são ofertadas em cursos e treinamentos em meio digital. Já vemos em processos seletivos a pergunta: “O que você fez durante a pandemia?”, “Fez cursos de aprimoramento, reaproveitando o tempo de deslocamento para o trabalho ou mesmo em casa (já que muitos de nós estamos em home office)?”.

Estas e outras perguntas não precisarão ser feitas diretamente, porém serão observadas pelas organizações e o mercado de forma geral. E a única certeza que temos é que a tecnologia ofertará as ferramentas que darão as respostas, já apoiam e evoluirão no apontamento de melhora das qualificações.

A transformação digital é fato consumado! O uso de ferramentas tecnológicas aplicadas como ferramentas de qualificação pessoal empurrará a evolução organizacional. O perfil dos profissionais pós pandemia será outro. É preciso se preparar para esta nova aptidão que será exigida para a continuidade neste novo mundo. Se prepare, pesquise e evolua!

*Augusto Zadra é professor na Faculdade Promove, mestre em TI; Kenia M. S. Souza é MBA em Gerenciamento de Projetos de TI. Ambos são gestores na Prodemge.
 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Comentários