Tchaikovsky contra a ansiedade

Opinião / 14/09/2019 - 06h00

Colunista Mauro Condé aconselha a ouvir Tchaikovsky, contra ansiedade e estresse:

 

Mauro Condé

“A boa música é aquela que penetra no seu ouvido facilmente e deixa a sua memória dificilmente”

Acabo de voltar de uma viagem rumo ao conhecimento, usando como meio de transporte excelentes livros sobre dança e música clássica.

Eles me levaram para São Petersburgo, na Rússia do ano de 1893, onde fui recebido por Tchaikovsky, ícone da música clássica, a quem fui logo pedindo:

Ensina-me algo que eu ainda não saiba e tenha o poder de mudar a minha vida para melhor.

Todas as noites, antes de dormir, entre em contato com o mundo ficcional.

Esse é um bom conselho para pegar no sono, relaxar e fugir, por algumas horas, do mundo real e se afastar dos problemas do dia a dia e de seus efeitos colaterais como o tédio, a monotonia, a rotina e o estresse diários.

Seja na forma de um filme, um livro, uma dança ou uma boa música, mergulhe de cabeça nas profundezas de um mundo ficcional e deixe na superfície todos os seus problemas do dia.

Isso o levará para um nível mental relaxante, meditativo e muito agradável.

É de Tchaikovsky a obra “O Lago dos Cisnes”, o balé mais visto de todos os tempos.

Ela conta a história de amor entre um príncipe e uma jovem enfeitiçada.

No baile de aniversário dos seus 21 anos, o príncipe precisa escolher, entre as convidadas, uma para ser sua noiva.

Porém, antes, ele decide ir a uma caçada, onde chega a um lago repleto de cisnes e, quando está pronto para atirar, ele vê os pássaros se transformarem em princesas.

Elas estão sob um feitiço que só será quebrado quando um jovem lhes jurar fidelidade à meia-noite.

Ele se apaixona por Odette, a mais bela das jovens, para quem se declara e a quem convida para o baile, para apresentá-la como sua noiva.

Mas ela não vai, impedida pelo feiticeiro Rothbart, que aparece no baile disfarçado de nobre da região, acompanhado por sua filha, Odile.

Belamente vestida de cisne negro, ela dança magnificamente e tenta enganar o príncipe, que, temporariamente, por ela se encanta e quase quebra a promessa feite a Odette.

Porém, desesperado, ele resolve abandonar o palácio e ir ao encontro de sua amada.

Lá chegando, vê Odette se atirar no lago, por não se conformar com o ocorrido.

O príncipe fica desesperado e resolve fazer o mesmo, também se atirando no lago, para juntos quebrarem o encanto e viverem felizes para sempre.

Acesse o link: https://tinyurl.com/lago-dos-cisnes, e mergulhe no mundo ficcional, para relaxar e ser uma pessoa ainda melhor.

Palestrante, consultor e fundador do Blog do Maluco

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Comentários