Detox Mental

Postado em 07/01/2015 06h47
* Ana Beatriz Pinheiro A modernidade trouxe uma série de benefícios para a vida humana, ao mesmo tempo em que gerou hábitos nocivos. A chamada correria do cotidiano resulta em inúmeras doenças físicas e mentais. Depressão, ansiedade, estresse, insônia e alergias são alguns exemplos. Segundo pesquisa...

Plano de saúde sobrevive a 2015?

Postado em 06/01/2015 07h43
Cadri Massuda*   Antes da lei 9.656, de 1998, que regulamentou o setor de saúde suplementar, havia mais de 5 mil operadoras de planos de saúde no Brasil. Em um primeiro momento, a regulamentação beneficiou muito a população, pois impôs uma profissionalização no mercado. A redução foi imediata....

Governança e externalidades

Postado em 06/01/2015 07h42
Roberto S. Waack*   Parece haver consenso de que empresas causam externalidades. Por outro lado, não é tão evidente o quanto esses impactos podem afetar o valor das organizações, apesar do crescente número de casos em que passivos legais ou intangíveis prejudicaram balanços e o valor de mercado...

Pátria educadora

Postado em 06/01/2015 07h40
Malco Camargos*   Para evitar erros de comparação e retóricas vazias de governos, desde 1993 o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) utiliza o IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) como parâmetro para analisar o desenvolvimento dos países.    A partir da medição do...

Plano de saúde sobrevive a 2015?

Postado em 06/01/2015 06h48
*Cadri Massuda Antes da lei 9.656, de 1998, que regulamentou o setor de saúde suplementar, havia mais de 5 mil operadoras de planos de saúde no Brasil. Em um primeiro momento, a regulamentação beneficiou muito a população, pois impôs uma profissionalização no mercado. A redução foi imediata. Em...

Governança e externalidades

Postado em 06/01/2015 06h48
* Roberto S. Waack Parece haver consenso de que empresas causam externalidades. Por outro lado, não é tão evidente o quanto esses impactos podem afetar o valor das organizações, apesar do crescente número de casos em que passivos legais ou intangíveis prejudicaram balanços e o valor de mercado da...

Gasto de energia desnecessário

Postado em 05/01/2015 06h16
Leonardo Rivetti - Gerente de Eficiência Energética da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig)   A energia elétrica consumida por aparelhos eletrônicos no modo stand-by, ou de espera, pode representar um acréscimo de até 15% na conta de energia. Por isso, a Companhia Energética de Minas...

Esportes e civilidade

Postado em 04/01/2015 07h56
Bruno Terra Dias*   Alguns dos momentos mais tristemente marcantes das arenas esportivas, aqui no Brasil e no mundo, chocaram por aquilo que, em expressão mais comedida, revelou alta intolerância e profundo déficit civilizatório.   Trata-se de atos escancarados de racismo, que preocupam...

Jurisprudência: queda de árvore gera indenização

Postado em 04/01/2015 07h56
Aristoteles Atheniense*   O Município de Belo Horizonte foi condenado a indenizar um cidadão, cujo veículo foi atingido pela queda de uma árvore quando trafegava pela rua da Bahia, em decisão unânime da 5ª Câmara Cível. O réu procurou livrar-se da condenação, alegando que o acidente resultou de...

Compra de um imóvel de lazer

Postado em 04/01/2015 07h54
Germano Leardi Neto*   Quem não gostaria de ter para onde fugir depois de uma semana estressante no trabalho? Nessas horas, contar com um imóvel de lazer no campo ou na praia é uma mão na roda. Não precisa fazer reservas com meses de antecedência em pousadas e não há custos com reservas, basta...

Velhas lembranças, novos caminhos

Postado em 04/01/2015 07h54
José Roberto Lima*   A convivência com alunos nos primeiros anos de faculdade, e também com adolescentes que se preparam para concursos, transformou-me num otimista inveterado. Os recursos da informática propiciam aos jovens o acesso a todo tipo de informação. Isso tem vantagens e desvantagens,...

A evasão do Ensino Médio

Postado em 04/01/2015 07h52
Francisca Paris*   O escritor carioca Carlos Heitor Cony, integrante da Academia Brasileira de Letras, declarou que, aos 20 anos, sabia latim e era capaz de recitar trechos inteiros do Pro Milone, de Cícero, mas que era incompetente nas coisas práticas e necessárias. Ele não sabia sequer tomar...