Viola é preso em flagrante por desacato e porte ilegal de arma restrita

Rádio Patrulha / 06/10/2012 - 09h11
Viola

O ex-jogador Viola, de 43 anos, foi preso em flagrante na noite desta sexta-feira (5), em Santana de Parnaíba, em São Paulo, após se recusar a cumprir a ordem de um oficial de Justiça, que autorizava que sua mulher e filho, de cinco anos, deixassem a residência do atleta.

Conforme explicou o delegado Ronald Nascimento, Viola, que marcou época como centroavante do Corinthians de 1980 e 1990, foi preso por desacato e porte ilegal de arma de uso restrito. "Ele foi preso em flagrante por desobediência e posse ilegal de arma e equipamento de uso restrito e ameaça dentro de um contexto de violência doméstica", contou o delegado.

A confusão teria começado quando o atacante não quis cumprir a determinação judicial para a mulher e filho deixar a casa. A situação piorou com a chegada da Polícia Militar. Ele ameaçou a mulher. 

Através de informações passadas pela mulher, a polícia entrou na casa e encontraram carregadores, munições e um silenciador de uso restrito. Todos sem autorização. Uma arma regularizada também foi encontrada no local. 

Segundo o delegado, o ex-jogador vai responder por crime de desobediência, posse de munição e equipamento de uso restrito, além de ameaça dentro de um contexto de violência doméstica e familiar contra a mulher. Nascimento disse ainda que não cabe fiança, pois Violar já tinha condenação anterior. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Comentários