Dia de decisão para o Galo

Álvaro Damião / 28/05/2019 - 06h01

Hoje é dia de Sul-Americana! Mais um dia decisão para o Galo! O Atlético enfrenta nesta noite, o Unión La Calera, 21h30, no Independência. Depois de ter perdido a partida de ida, por 1 a 0, o Galo precisa correr atrás do resultado hoje.
Como venceu o primeiro jogo, o La Calera joga por um empate para garantir a vaga nas oitavas de final. O time chileno pode até perder por um gol, caso marque gol, que também se classifica. Caso perca por 1 a 0, a vaga será decidida nos pênaltis.
O time chileno está totalmente focado nesta partida. No último sábado (25), os Cementeros, como são conhecidos, empataram em 1 a 1 com o Antofagasta pelo Campeonato Chileno. O técnico Francisco Meneghini poupou a maioria dos titulares para esse jogo. Em relação ao jogo de ida contra o Galo, o treinador só manteve três jogadores: Sebastian Zuñiga, Christian Vilches e Franco Lobos.
Por outro lado, o Atlético, vem de derrota diante do Grêmio. Também no último sábado, o time alvinegro foi derrotado por 1 a 0 pelo tricolor. E para reverter o resultado e garantir a vaga na próxima fase, o Atlético precisa ser mais efetivo no ataque. Nos últimos cinco jogos, o Galo marcou apenas dois gols, sendo que estes gols foram marcados na mesma partida – vitória por 2 a 1 sobre o Flamengo. Ou seja: são quatro partidas sem balançar as redes. Se isso se repetir na noite de hoje, já era para o Galo.
E muito desta seca de gols, se deve a fase ruim do camisa 9. Ricardo Oliveira está há seis jogos sem marcar para o time alvinegro. É hora de fazer a diferença e ajudar o Galo, pastor!
Se no ano passado, o clube “menosprezou” a competição, neste ano se tornou uma das prioridades. Técnico Rodrigo Santana inclusive deu entrevista dizendo que o time irá buscar a classificação desde o primeiro minuto de jogo. O time será titular, diferente do ano passado quando entrou com time reserva diante do San Lorenzo e foi eliminado.
É isso aí! Como já disse algumas vezes, o Atlético tem time e capacidade técnica para encarar duas competições ao mesmo tempo. Não se pode menosprezar um torneio que paga R$ 15 milhões ao time campeão.  
Agora é entrar em campo focado, determinado a vencer a partida e contar com o apoio da torcida, que não tenho dúvidas que estará presente, cantando e apoiando o time.
Vamos, Galo! Bora vencer!
Tamo junto e até a próxima!

 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Comentários