Ninguém discute a paixão da Massa

Álvaro Damião / 26/03/2019 - 07h00

Ontem, o Galo completou 111 anos de história! São 111 anos de tradição e com o hino do Atlético cantando por toda parte de Belo Horizonte. Em cada canto da cidade podemos ouvir alguém gritando: “vencer, vencer, vencer”. Inclusive, a própria história do clube, se mistura com a da capital dos mineiros. 
Há dois anos, li uma matéria do meu amigo e jornalista Alexandre Simões, mostrando que ainda em 1908, data de fundação do Atlético, os 22 estudantes que fundaram o clube, se concentravam em alguns pontos da cidade. Talvez, muitos atleticanos não saibam e por isso achei válido voltar a falar deste assunto.

Um dos pontos era um prédio entre a avenida João Pinheiro e rua da Bahia. As primeiras reuniões aconteciam em uma pensão. Hoje, o prédio é ocupado por uma das unidades da faculdade Promove. Outro ponto de encontro dos fundadores era na Rua Goiás, nº 255, atualmente o local é um prédio do Tribunal de Justiça de Minas Gerais. Na época, era a residência do primeiro presidente do Atlético, Margival Mendes Leal, o “Vate”.

Um dos maiores cartões postais da cidade, a avenida Afonso Pena foi palco da partida inaugural do Galo, disputada em 1909, diante do Sport Club. O Galo venceu o duelo por 3 a 0. Outro ponto interessante é que o primeiro gol do Atlético foi marcado por Aníbal Machado, irmão de Cristiano Machado, que depois foi eleito prefeito de Belo Horizonte e logo depois foi derrotado na campanha para presidente do Brasil. Sem contar que Cristiano Machado hoje dá o nome a uma das avenidas mais conhecidas da capital.

Não há como se falar em Atlético e não falar no bairro de Lourdes. Foi lá, que em 1929, foi inaugurado o Estádio Antônio Carlos, que hoje abriga um dos maiores patrimônios do clube, o shopping Diamond Mall.

Com tudo isso, fica bem claro que a relação do Galo com BH está na história, nos estádios, na massa.

Aproveito a oportunidade para parabenizar o Atlético! Que venham mais 111 anos de muita tradição e história no futebol. Que o Galo continue levando muitas alegrias para essa torcida que nunca o abandona, mesmo quando tudo parece impossível.

Há quem discuta títulos, mas ninguém discute a paixão da massa!

Tamo junto e até a próxima!

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Comentários