O Brasileirão voltou!

Álvaro Damião / 30/04/2019 - 07h00

O Brasileirão já começou e a correria do futebol também! A partir de agora, haja condicionamento físico para os atletas.

No último sábado, Atlético e Cruzeiro estrearam na competição. O Galo levantou a cabeça, bateu a poeira dos últimos resultados ruins e conseguiu a vitória diante do Avaí, por 2 a 1, no Independência. Resultado excelente para elevar o moral do time e buscar uma boa campanha no Campeonato Brasileiro.

A sequência alvinegra será bem puxada. O Galo terá três partidas fora de casa: amanhã, enfrenta o Vasco, em São Januário, às 21h30. No sábado, visita o Ceará, às 21h, no Castelão, em Fortaleza. Para fechar a sequência de viagens, na terça-feira o time alvinegro enfrenta o Zamora, da Venezuela, às 19h15 (de Brasília), encerrando sua participação na Libertadores de 2019, pois já está eliminado no Grupo E, e buscando uma vaga na segunda fase da Copa Sul-Americana.

Mesmo com a vitória no Brasileirão, a pressão no Atlético ainda é enorme. Afinal, o time perdeu o título do Campeonato Mineiro e foi eliminado da Copa Libertadores. A classificação para a Sul-Americana virou obrigação! Obrigação moral, inclusive!

Vencer amanhã, diante do Vasco, significa muito para o Atlético! Duas vitórias seguidas na Série A dariam uma boa sequência e uma dose de confiança ao elenco. Para esta partida, o técnico Rodrigo Santana ganhou dois reforços importantíssimos: os zagueiros Réver e Igor Rabello, que foram liberados pelo departamento médico e treinaram normalmente ontem, na Cidade do Galo. O meia equatoriano Cazares segue em tratamento de um edema na coxa esquerda e continua como desfalque.

Falando um pouco sobre o Cruzeiro, a estreia no Brasileirão não foi como todos esperavam.  É claro que uma derrota por 3 a 1, para o Flamengo, no Maracanã, não é o fim do mundo! Muito pelo contrário! O que deixou o torcedor bravo foi a conduta do time em campo, principalmente no segundo tempo.

A impressão que deu foi que a equipe não voltou do intervalo. Foi encurralado pelo Flamengo e não conseguiu reagir.

Um ponto para ser destacado: Murilo precisa colocar a cabeça no lugar e melhorar o desempenho em campo. Já é a segunda partida em que o zagueiro é expulso nesta temporada.

Foram cinco meses invictos – 22 partidas, 16 vitórias e seis empates. Em algum momento, o Cruzeiro precisaria perder. Perdeu para o Flamengo e isso, sinceramente, não muda nada na campanha que construiu até o momento.

Amanhã, o adversário é o Ceará, às 19h15, no Mineirão. O técnico Mano Menezes tem um reforço para esta partida: o garçom Robinho está de volta!

Ótima chance para vencer e fazer a alegria da torcida!

Tamo junto e até a próxima! 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Comentários