Missa azul

Evaldo Magalhães / 27/09/2019 - 06h30

Irmãos celestes, o mais importante, agora, é reconhecermos as culpas da nossa diretoria e protestarmos, porque só assim obteremos a graça de seguir na Série A.

Sábias as palavras do narrador Gustavo Villani: “O Cruzeiro é maior que a ganância e a sujeira dessa gente!”

Amém!

Glória a Deus nas alturas e às nossas páginas heroicas e imortais na Terra.

Ave Maria, cheia de graça... Livrai-nos da homofobia, do preconceito, da intolerância e da Segunda Divisão. E, se não for pedir muito, do David e do Egídio também.

O Cruzeiro é maior que a ganância e a sujeira dessa gente!

Amém!

Ó Pai (ó, meu Pai, eu sou Cruzeiro, meu Pai!), que resumistes toda a lei no amor a Deus e ao próximo, fazei com que, observando o Vosso mandamento, consigamos sair de tamanho buraco!

Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo... Que chegue logo um treinador à altura do Maior de Minas, e que ele não se intimide pelo “estrelismo” do elenco!

Pai nosso (ê, meu Pai, eu sou Cruzeiro, meu Pai!), que estais no céu; Cabuloso seja Vosso nome! Venha a nós o Vosso reino (e um montão de taças); seja feita a Vossa vontade, embora desejemos que Vossa vontade não seja a nossa degola, assim na Terra como no céu. 

E livrai-nos de todo o mal, o que, sem dúvida, inclui a diretoria que aí está.

O Cruzeiro é maior que a ganância e sujeira dessa gente!

Amém!

Senhor, tende piedade de nós. Cristo, tende piedade de nós. Vós, que tirais o pecado do mundo, e que nos livrastes da Segundona naquele saudoso 6 a 1, acolhei a nossa súplica novamente.

Vós, que estais à direita do Pai, tende piedade de nós. Só Vós sois o Santo; só Vós, o Senhor; só Vós, o Altíssimo, só Vós, os tais 45 pontos de que tanto necessitamos.

O Cruzeiro é maior que a ganância e a sujeira dessa gente!

Amém!

Reunido o povo, enquanto Fábio entra com os demais jogadores no campo, cantamos:

“É o time do coração; é o meu Cruzeiro; é o meu Cruzeiro! Dá-lhe Cruzeirôô; Dá-lhe Cruzeirôô; Dá-lhe, dá-lhe, dá-lhe, Zeeeirooô!”

O Cruzeiro é maior que a ganância e sujeira dessa gente!

Amém!

Rendei graças ao Senhor e ao Cruzeirão Cabuloso: que seu amor e sua garra são sem fim!

Diga o povo celeste: que seu amor e sua garra são sem fim!

Digam os seus torcedores: que seu amor e sua garra são sem fim!

Digam todos que o temem: que seu amor e garra são sem fim!

O Cruzeiro é maior que a ganância e sujeira dessa gente! Amém!

Por fim, lembrando Cazuza: “Vamos pedir piedade. Senhor, piedade! Pra essa gente careta e covarde. Vamos pedir piedade. Senhor, piedade! Lhes dê grandeza e um pouco de coragem”. Amém?

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Comentários