A vida, nossas lutas e o mundo espiritual

Fábio Caldeira / 17/10/2020 - 06h11

Bem ou mal. Luz ou trevas. Em qual lado você está se posicionando nesta rápida passagem pelo mundo terrestre? Diante de questionamentos constantes sobre os mistérios da vida, especificamente no campo espiritual, Magid Saab, um ex-alto executivo de empresa brasileira presente em diversos países e atualmente Pastor da abençoada Igreja Batista Central de BH, lançou recentemente um excelente livro intitulado “O Bom Combate”, escrito de forma simples e didática, sobre a complexidade do mundo espiritual. A seguir, uma breve entrevista com o Pr. Magid: 

Existe mesmo um mundo espiritual?

Claro que sim, a vida não é definida só pelo que é material e podemos ver ou tocar. O mundo físico, onde vivemos, é caracterizado por quatro dimensões – altura, largura, comprimento e tempo – sendo regulado por leis naturais como a gravidade, termodinâmica e outras. Já o mundo espiritual é uma realidade paralela a essa, tão real quanto a primeira, embora regida por regras diferentes. No meu livro, O Bom Combate, explico melhor a diferença entre esses dois mundos, que estão intimamente conectados, e a importância da dimensão espiritual.

O essencial é saber que tudo que acontece em um deles interfere no outro. Alguns exemplos disso estão claramente descritos na Bíblia como, por exemplo, quando um anjo do Senhor veio à Terra, anunciou o nascimento de Jesus e Maria concebeu um filho do Espírito Santo. Em outro texto, vemos que certa vez um anjo soltou o apóstolo Pedro da prisão quando ele foi preso por estar pregando o evangelho. As duas realidades são lados diferentes de uma só moeda.

O que vem a ser batalha espiritual?

Trata-se do embate entre o bem e o mal. A Bíblia ressalta essa realidade mostrando que existem dois pólos que se contrapõem. Podemos tomar como exemplo o Reino da Luz e o Império das Trevas. Jesus se declarou como sendo “a luz do mundo”, ele comanda o Reino da Luz. Já Satanás é chamado de “o príncipe das trevas”. Outro exemplo: Jesus é chamado de “verdade” enquanto Satanás é chamado de “Pai da Mentira”. Essa batalha entre opostos é real e somos afetados por ela o tempo inteiro.

Uma das minhas intenções ao escrever o livro é ensinar isso às pessoas de maneira didática e compreensível. Nessa batalha, perdemos muito por não sabermos o que fazer ou como nos posicionar. Entender como devemos combater o bom combate, escolhendo o lado certo da guerra, é uma forma de proteção que pode e vai nos livrar de muito mal e sofrimento. 

Como identificar o bom combate?

Todos enfrentamos dificuldades em diversas áreas, seja física, familiar, profissional, etc. Precisamos entender a origem delas, as verdadeiras raízes, caso contrário lutaremos contra as causas erradas e nunca resolveremos os problemas. 

Profissionais da saúde (médicos, psicólogos, psiquiatras) têm a experiência de tratar pacientes e chegar a um limite no qual o tratamento torna-se apenas um paliativo ou simplesmente não é bem-sucedido. Alguns deles percebem que existe algo mais que vai além dos seus conhecimentos técnicos. Muitas vezes, a origem das nossas questões encontra-se no mundo espiritual e devem ser combatidas lá. Esse é o bom combate, é uma luta eficaz contra o verdadeiro inimigo. 

Como nos preparar para o enfrentamento?

A condição indispensável para enfrentar e vencer essa batalha é estar do lado de Jesus. Veja que não é apenas se declarar cristão. Muitos assim o fazem, mas nem conhecem a Jesus e aquilo que ele fez por nós. Se cremos que Jesus está vivo, podemos e devemos nos relacionar com ele. Essa é a essência do cristianismo. Precisamos estar aliançados com Cristo.

Estar ao lado de Jesus nos garante a vitória, pois a Bíblia afirma que, ao morrer na cruz e derramar seu sangue, ele não só perdoou os nossos pecados, mas também triunfou sobre Satanás e seu exército. Jesus venceu e nós vencemos com ele. Além disso, ele disponibilizou recursos extraordinários (a oração é um deles) que garantem a nossa vitória, no livro falo sobre esses recursos e também detalho a forma correta de usá-los. 

Uma mensagem nestes momentos de pandemia:

Vivemos um momento único na história, um período muito difícil. Os efeitos da pandemia sobre as pessoas, famílias, empregos, economia, entre outras áreas, são brutais. Mas acredito que a crise é uma oportunidade de mudança, reflexão e de ver o verdadeiro sentido de tudo que cerca as nossas vidas. Essa é uma oportunidade de voltarmos o coração para o nosso Criador e nos aproximarmos de Jesus. 

Por isso, use esse tempo para desenvolver um relacionamento com Deus! Jesus declarou: “aquele que vier a mim de maneira alguma o lançarei fora”. O Senhor deseja nos salvar, dar vida em abundância e nos ensinar a lutar o bom combate em toda a e qualquer situação. Confie nele e acredite, tudo vai mudar para melhor. 

Para conhecer melhor do tema e adquirir o livro “O Bom Combate”, acesse https://loja.central.online/loja/livros/livro-o-bom-combate

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Comentários