O que há de errado com nossa infraestrutura?

Irlan Melo / 27/04/2020 - 06h00

Um estudo recente aponta Belo Horizonte como a quinta capital mais eficiente do país e a segunda da região sudeste. Os dados são do Instituto Áquila realizado em sete anos de estudo. Ainda de acordo com a pesquisa, apesar de se destacar em áreas como educação, saúde e bem-estar e transparência, BH deixou a desejar quando o assunto foi infraestrutura e mobilidade urbana. 

Mas por que? 

Sabemos que ainda há muito o que melhorar com relação ao nosso transporte público e nossas rodovias. O trajeto diário da maioria das pessoas é longo e cansativo, o que faz com que invistam cada vez mais em carros. Isso aumenta a frota em nossa cidade, deixando os corredores cada vez mais entupidos. Não precisamos de uma pesquisa muito elaborada para perceber que o belo-horizontino ainda é decepcionando com a mobilidade urbana. 

Várias ideias têm sido discutidas ao longo dos anos para mudar essa realidade mas precisamos de planos efetivos. O nosso Anel Rodoviário por exemplo, ainda nos causa tristeza e revolta. Não há quem não se incomode com a falta de iniciativa quanto a ele e posso dizer que sou um dos que mais sente pelo descaso com nossa rodovia. 

Desde que iniciei meu mandato como vereador, tentei pensar em alternativas que pudessem diminuir os índices graves do anel rodoviário. Sugeri então a instalação de áreas de escape nas áreas mais perigosas da via. É uma medida paliativa mas que pode salvar vidas. Fiquei muito feliz pela aprovação do Prefeito Alexandre Kalil à nossa ideia, que agora está em fase de estudos. 

Podemos nos deparar com várias pesquisas e índices a respeito de nossa cidade. Alguns números irão nos deixar orgulhosos, outros preocupados. Mas nossa iniciativa sempre deve ser no sentido de contribuir para que mudanças aconteçam, e mudanças para melhor. A cidade é nossa e é nosso dever cuidar e transformar. 

Conheça mais sobre meu projeto das áreas de escape acessando meu site: www.irlanmelo.com.br

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Comentários